ANZAC Day é um feriado na Austrália e Nova Zelândia em homenagem aos soldados da Australian and New Zealand Army Corps (ANZAC), que serviram na Campanha de Gallipoli, em 1915 durante a Primeira Guerra Mundial.

Origem histórica do feriado

No dia 25 de Abril de 1915, as tropas Australianas e Neozelandesas desembarcaram na Península de Gallipoli com a missão de tomá-la a fim de abrir caminho para frota naval dos Aliados através do Mar Negro. O objeto da investida seria capturar a Constantinopla, capital do Império Otomano, aliado da Alemanha. Ambos territórios hoje pertencem a Turquia.

Por causa de um erro de navegação, as tropas ANZACs desembarcaram ao norte do ponto inicial. Visto que o local era fortemente defendido pelos Turcos Otomanos, os ANZACs então perceberam que o avanço seria impossível. Por 8 meses, a tropa resistiu até ser evacuada pelo exército Britânico. À época, ambos Austrália e Nova Zelândia pertenciam ao governo inglês. As notícias da Batalha de Gallipoli chegaram aos cidadãos dos dois países de forma impactante. O número de abatidos chegou a mais 10.000 soldados ANZACs.

Apesar do objetivo de capturar Constantinopla ter falhado, o ato de bravura dos ANZACs tornou-se parte da identidade nacional de ambos países. Parte disso ajudou a criar o que foi chamado de “Lenda Anzac”. Tal lenda diz que os soldados australianos e neozelandeses possuem boas características de combatentes.

Celebrações

O ANZAC Day foi instaurado em 25 de Abril de 1916, um ano após os acontecimentos da Batalha de Gallipoli. A passo que a Primeira Guerra Mundial ainda acontecia, a memória dos soldados caídos ajudaram os Aliados como incentivo ao alistamento militar. Desde então, todo 25 de Abril é reservado como forma de homenagem aos bravos combatentes ANZACs.

A princípio, as celebrações começam com o Dawn of Service. Assim sendo, as solenidades se dão no exato momento em que os ANZACs desembarcaram na Turquia. Então são feitas diversas homenagens em memória aos soldados. São também realizadas paradas militares em ambos os países. As mais famosas são a que acontece em Auckland, maior cidade da Nova Zelândia e Canberra, capital da Austrália.

Diversos outros países também prestam suas homenagens no dia 25 de Abril. Alguns exemplos são: Canadá, Malta, Irlanda, Reino Unido e Estados Unidos. O governo turco também celebra oficialmente o acontecimento em Gallipoli, local onde a guerra aconteceu.

Leia também: Quais São os Feriados Oficiais da Austrália

Tradição

Em outras palavras, o feriado na Austrália e Nova Zelândia é, anualmente, uma forma de milhares de pessoas relembrarem e prestar respeito aos acontecimentos da Primeira Guerra. Desse modo, marca a necessidade de deixar viva para as novas gerações os reflexos de conflitos. De fato, é uma forte tradição do povo australiano e neozelandês. Se você tem interesse em realizar intercâmbio em algum dos dois países, é muito interessante conhecer mais sobre a cultura local e suas comemorações!

 

Previous reading
A Optima ofereceu de longe o melhor atendimento | Por Ana Caroline
Next reading
Limerick foi uma ótima escolha | Por Vinicius e Williane