Carnaval em Veneza e intercâmbio

Para estudantes que saem do Brasil para o intercâmbio há datas em que se queria estar em terras tupinins. Principalmente em tempos de inverno rigoroso na América do Norte ou Europa, como não lembrar do verão brasileiro? Ainda mais se o calor combinar com o tempo do Carnaval. Em lugar nenhum do mundo se realiza esta festa como no Brasil. A união de música, dança e outras tradições gera uma diversão única. No entanto, a cultura carnavalesca não é exclusividade nossa. Em várias partes do mundo comemora-se esta data. Para quem está em intercâmbio, especialmente na Europa, há a chance de curtir um dos mais antigos e tradicionais, que é o Carnaval em Veneza.

Carnaval em Veneza

As origens do Carnaval em Veneza

A festa que remete aos povos celtas foi incorporada pela religião Católica ainda na idade média. Este momento era utilizado como preparação ao período da Quaresma. Durante 3 dias as pessoas ficavam livres para comer, beber e se divertir. Veneza, que era conhecida como República Sereníssima, absorveu a tradição a partir da vitória em uma guerra no século XI. Naquele período se desenvolveu como momento de diversão entre toda população que festejava com comidas, danças e outras atividades. Durante o período da renascença, em especial no século XVI, é que Veneza ganhou tradição e reconhecimento de possuir um grande Carnaval. Criou-se a cultura de utilizar máscaras e fantasias durante os dias da festa. As pessoas conseguiam, assim, o anonimato, e se divertiam sem medo de serem reconhecidas pelo que faziam.Carnaval em Veneza

Após a conquista de Veneza por Napoleão Bonaparte, a festa foi cancelada até 1979. Um grupo de pessoas decidiu reviver as tradições do Carnaval em Veneza. A partir de então as autoridades decidiram investir e hoje a cidade reconquistou o reconhecimento de ter um dos melhores carnavais do mundo.

Personagens do Carnaval em Veneza

Carnaval em Veneza

O Carnaval em Veneza criou personagens que são conhecidos por todo o mundo. Colombina, Arlequin, Doutor ou Pantalone são criações do período da Commedia Dell’Arte. Esta manifestação do teatro popular cresceu como contra-ponto ao oferecido pela nobreza. O carnaval absorveu esta cultura e até hoje pessoas se fantasiam como tais personagens. Embora o mais comum seja ver pessoas vestidas com roupas que relembram séculos passados, há aquelas que se apresentam com fantasias modernas como de super-heróis ou clássicos do cinema.

Como se divertir no Carnaval em Veneza?

Diferentemente do que ocorre no Brasil, o Carnaval em Veneza não tem a mesma agitação que aqui. A cultura em Veneza é aproveitar os dias de festa para se divertir através da forma de se vestir. Como dizem: “é uma festa para se ver e ser visto”. Imagine você em uma cidade milenar e com milhares de pessoas vestidas como na idade média. Você se sentirá de volta ao passado, vivendo entre cavaleiros medievais e princesas. Vale a pena providenciar uma fantasia e participar integralmente da festa. Há barracas e lojas oferecendo roupas e máscaras para você alugar por diversas faixas de preços.

A programação possui eventos tradicionais que são marcantes. A Piazza San Marcos é o ponto central, onde se concentram as principais atrações. O Voo de Maria e o Voo do Anjo são eventos imperdíveis, e que recebem pessoas do mundo todo para acompanhar. A decisão de se fantasias é livre, mas faz toda a diferença entrar no clima e se divertir como os nativos. Acompanhar os desfiles e participar dos concursos de fantasias e máscaras é uma possibilidade para todos. Vale a pena brincar, tirar fotos e se deixar fotografar por estranhos.Carnaval em Veneza

Outra forma de participar da festa é comprando convites para os bailes de máscaras oferecidos na cidade. Vários hotéis e clubes realizam festas onde o glamour e a exibição são os principais componentes. Embora sejam muito exclusivistas, há convites que podem ser adquiridos através de sites, agências de turismo e até mesmo comprados na entrada.

Aproveite o intercâmbio e conheça o Carnaval em VenezaCarnaval em Veneza

Estando na Itália ou mesmo em outro país europeu no período do carnaval, vale a pena conhecer a festa. Será uma oportunidade inesquecível de conhecer uma tradição de muitos séculos. E melhor, numa cidade maravilhosa! Você poderá também adquirir um tour pela cidade de Veneza e conhecer suas histórias e mistérios. O intercâmbio é um momento de se abrir para novas culturas e tradições. As experiências vividas serão lembranças para toda a vida. Viva um carnaval inesquecível através dos programas de intercâmbio oferecidos pela Optima Intercâmbio.

Natal na Itália, dicas para aproveitar a data

Se você está ou vai fazer intercâmbio na Europa, e passará as festas de fim de ano por lá, que tal passar o Natal na Itália? O país se destaca por tradições religiosas e em especial as comemorações natalinas. Por todo o país, as cidades ganham enfeites e luzes em uma decoração especial para o período. Do sul ao norte você poderá visitar lugares maravilhosos que aproveitam o clima de natal para se tornarem ainda mais atrativos. A Optima Intercâmbio preparou um guia com dicas fantásticas para você viajar e curtir o clima de natal na Itália.Coliseu de Roma com árvore enfeitando o Natal na Itália

A cidade de Roma no Natal

Começamos o guia a partir da principal cidade italiana. Roma é conhecida como a Cidade Eterna. Nela a história da humanidade se faz presente. Pelo fato da capital da Itália ter dentro do seu território a Cidade Estado do Vaticano, a religiosidade se torna um fator muito forte. O Vaticano, sendo sede da religião Católica, promove no Natal diversas atividades comemorativas. As missas que ocorrem na véspera e no dia de Natal são muito procuradas.

Cidades enfeitadas para o Natal na Itália

Além da Praça São Pedro, diversos pontos turísticos de Roma são preparados especialmente para o Natal. O Coliseu recebe iluminação e uma árvore de natal que atrai muitos visitantes. Outros pontos famosos como a Praça da Espanha e a Praça Navona recebem tradicionais feirinhas de artesanato e culinária. Nestes lugares você poderá encontrar presentes e guloseimas típicos do Natal na Itália. Toda a cidade, que já é linda, se reveste de luzes e cores para tornar esse tempo natalino ainda mais especial!

Nápoles e o tradicional Natal na Itália

Tradicionais presépio em Nápoles para o Natal na Itália

A cidade de Nápoles se destaca entre as demais na organização das comemorações natalinas. Buscando manter tradições, ela investe na arte dos presépios como ponto forte. São montagens desde as miniaturas até exemplares de presépios em tamanho natural. Entre o dia 08 de dezembro ao início de janeiro, a cidade recebe inúmeras exposições em diversos pontos da cidade. São espaços públicos enfeitados com luzes e decorações especiais para o Natal e com atividades culturais. A culinária da cidade também é reforçada neste período. Os famosos struffolis são doces típicos das festividades natalinas e podem ser encontrados nas barraquinhas artesanais.

O Natal em Milão

A metrópole mais badalada da Itália também se prepara para o Natal. Milão, além de capital da moda, é também referência em atrações turísticas no país. Durante o mês de dezembro ela recebe decoração e luzes que tornam a cidade ainda mais envolvente. Alguns pontos da cidade não podem deixar de ser visitados neste período. O Foro Bonaparte e o Castelo Sforzesco são tradicionais, e no Natal recebem ainda maior atenção pela decoração. A Praça Castelo recebe centenas de expositores em uma feira de artesanato e culinária. E deste tipo de feira, há uma com tradição ainda maior. A Feira do Oh Bej Oh Bej se destaca como sendo o mais conhecido evento natalino da cidade. Nela você vai se deliciar com os tradicionais panetones de Milão, os mais famosos do natal na Itália.

Galeria na cidade de Milão decorada para o Natal na Itália

O Natal na Itália é tradição e religiosidade

A Itália é a melhor opção para aqueles que gostam do clima e do sentimento do Natal. Suas cidades milenares possuem obras e monumentos religiosos que revigoram a religiosidade. Participar das tradições natalinas nas cidades italianas é unir lazer, cultura e paz! Florença, Veneza, a região da Toscana, enfim, a Itália é o paraíso para aqueles que desejam conhecer um país e sua cultura no período de Natal.

Cidade de Veneza com suas gôndolas transportante Papais Noéis

A Optima Intercâmbio oferece programas de estudos e experiências profissionais em diversas cidades na Itália. Aos nossos clientes, oferecemos a oportunidade de vivenciar a cultura de um dos lugares mais históricos do mundo.

Museus de Capitoline em Roma

Roma é uma das poucas cidades do mundo que ainda preserva toda sua história em seus monumentos e ruas, mostrando de perto como era a vida na antiguidade Este é um grande diferencial para aprender italiano em Roma, pois o estudante que quer aprender italiano na Itália pode praticar e viver o idioma nas experiências do cotidiano.

(foto)
(foto)

Uma das atrações em Roma que permitem praticar o conhecimento de história e língua são os Museus de Capitoline, os primeiros museus abertos ao público no mundo quando foram fundados pelo papa Clemente XII em 1734.

Localizados de frente um ao outro, os museus de Capitoline ficam na piazza del Campidoglio e abrigam os incríveis trabalhos de artistas como Bernini, Michelangelo, Titian, Veronese e Caravaggio, sendo dos museus mais interessantes sobre a história e arte de Roma.

Os museus de Capitoline são divididos em diferentes áreas e o prédio principal, o Palazzo dei Conservatori, é o maior e contém obras como La Lupa de 5 a.C., a estátua eqüestre original de Marcus Aurelius e fragmentos de uma estátua de Constantino. Há também exemplos de tapeçaria, cerâmica, jóias e moedas que explicam toda a evolução de uma nação ao longo dos tempos. Do mesmo modo, o Palazzo Nuovo, o prédio menor, contém sarcófagos, mosaicos, estátuas e outros inúmeros artefatos muito interessantes.

O espaço Galleria Lapidaria é uma passagem que leva até outro espaço, o Fórum Romano. Nesta passagem há o conhecido Tabularium, onde há fragmentos e fundações de duas residências romanas da antiguidade, mostrando em detalhe como era a vida na época.

Aproveite o intercâmbio em Roma para conhecer a cultura e história italianas através de um passeio pelos Museus de Capitoline, um passeio imperdível recomendado pela Optima Intercâmbio para quem quer aprender italiano na capital da Itália. Entre já em contato com a nossa equipe especializada e saiba mais.

Monumento il Vittoriano em Roma

Estudar italiano em Roma é poder viver a língua e conhecer a história do mundo de perto. É aprender o idioma local e estar em contato com monumentos de importância inigualável, conhecendo a fundo a cultura italiana que é até hoje uma das mais influentes em todo o globo. Roma é o destino ideal para quem busca um intercâmbio cultural completo pois suas ruínas e monumentos oferecem oportunidades para colocar a língua em prática ao mesmo tempo que o intercambista aprende mais sobre a Itália.

Um dos monumentos de grande importância em Roma é o Monumento Nazionale a Vittorio Emanuele, também conhecido como Altare della Patria, ou Il Vittoriano. Localizado na Piazza Venezia, o Il Vittoriano é um dos maiores monumentos de Roma e foi construído entre 1885 e 1910 em honra do soberano Victor Emanuel II, o primeiro rei que unificou a Itália.

(foto)
(foto)

O Il Vittoriano é uma construção enorme feita de mármore que inclui diversos aspectos interessantes, incluindo o museu Centrale Del Risorgimento, que explica toda a história da unificação da Itália; o túmulo do Soldado Desconhecido, e claro, também oferece a melhor vista de toda a cidade, com a possibilidade de apreciar a capital italiana em 360 graus.

Elaborado pelo arquiteto Giuseppe Sacconi, o Il Vittoriano foi construído sobre grande parte da cidade antiga e medieval de Roma e sua imponência é tão grande que é impossível não ficar boquiaberto com tanta beleza e detalhes. Com 80 metros de altura e 120 metros de extensão, suas escadas levam à um complexo apoiado por enormes colunas. Aos lados há duas fontes alegóricas representando os mares que cercam a Itália – o Mar Adriático e o Mar Tirreno. A estátua central é de Victor Emmanuel II e fica sobre um pedestal decorado alto relevo das cidades italianas. O túmulo do Soldado Desconhecido fica aos pés da estátua e o Museo Del Risorgimento dentro do complexo.

Aproveite as belezas e história da Itália para fazer um intercambio cultural em Roma aprendendo italiano no exterior. A Optima Intercambio seleciona instituições de ensino de qualidade e destinos que permitem que você veja com seus próprios olhos a beleza e riqueza cultura local ao mesmo tempo que você aprende e desenvolve o idioma. Entre já em contato com a nossa equipe especializada e embarque neste sonho para aprender italiano em Roma.

Faça um passeio noturno por Roma

Estudar na Europa é uma experiência inesquecível que permite passeios e contato com diversas culturas diferentes e viver o idioma no dia-a-dia. Aprender italiano em Roma é muito mais do que estudar um outro idioma é vivenciar a cultura italiana em todos os sentidos.

italia_estudar-italiano-roma-intercambio-exterior_anoite_02
(foto)

Roma é conhecida por ser um dos lugares históricos de maior importância mundial e sua riqueza cultural é visível em todas as partes, em especial durante o dia, mas é a noite que a capital da Itália brilha com luzes e vibra com a animação típica dos italianos.

Um passeio noturno por Roma é uma atividade que permite apreciar o que a cidade tem de melhor contando com um verdadeiro show de luzes. Marcos importantes como a Fontana di Trevi, a Piazza Navona, a cidade do Vaticano e até mesmo o Coliseu se tornam atrações ainda mais encantadoras.

Há diversas empresas turísticas que oferecem passeios noturnos guiados, incluindo transporte e informações durante toda a experiência proporcionando ao estudante de intercâmbio uma perspectiva diferente sobre esta cidade que foi e ainda é tão importante para a humanidade.

italia_estudar-italiano-roma-intercambio-exterior_anoite_03
(foto)

O estudante que escolhe aprender italiano em Roma ainda pode complementar a experiência cultural e apreciar a badalada vida noturna romana, já que a cidade é segura e permite o contato com locais nos restaurantes, bares e clubes, em especial na Piazza Trastevere ou então curtindo uma pizza ou um gelato com os amigos pela madrugada afora escutando os músicos na ruas da Piazza Campo di Fiori.

italia_estudar-italiano-roma-intercambio-exterior_anoite_04
(foto)

A Optima Intercâmbio sabe que a experiência de estudo no exterior é especial e por isto oferece pacotes completos de estudo em Roma, uma cidade que vibra com alegria, agitação e diversidade. Aproveite a oportunidade de realizar o seu sonho de aprender italiano em Roma e curta as ruas iluminadas da capital italiana durante a noite. É um passeio mágico que ficará para sempre na sua memória.

Aprecie o melhor gelato do mundo em Roma

Roma oferece o melhor de tudo que a Itália tem: história, religião, tradição, alegria e, como não poderia deixar de faltar, boa comida. Temos em mente que devemos dispor das melhores opções para nosso clientes por isto, nós da Optima Intercâmbio oferecemos a capital da Itália como destino de estudo no exterior.

O sorvete italiano (gelato) é considerado o melhor do mundo e não é por menos. Os italianos aperfeiçoaram suas técnicas e a qualidade de seus produtos ao longo de séculos, portanto é pouca surpresa que o gelato mais saboroso de toda a Itália fica na capital do país.

roma_estudar-italiano-italia-intercambio-exterior_gelato
(foto)

Há sim muita controvérsia sobre qual sorveteria (gelateria) tem o melhor gelato na cidade, afinal de contas há uma imensidão de sabores e centenas de lojas por toda Roma competindo por um lugar ao sol. Considerando que Roma é um dos destinos mais visitados por italianos e estrangeiros de todas as partes do mundo e que dispõe de um dos melhores climas na Europa, fica fácil entender porque o gelato é tão procurado.

Qualquer sorveteria em Roma irá oferecer gelatos saborosos, mas entender a diferença entre um produto gostoso e outro incrível está no modo como o gelato é feito. A importância e relevância de uma boa gelateria fica por conta de como o sorvete é preparado pois ele deve ser feito de forma artigianale (artesanal) e o estabelecimento que leva o processo a sério costuma exibir certificados e atestados de excelência em suas paredes, embora muitas gelaterias usem a palavra “artesanal” sem certificado algum.

Para o estudante que quer colocar o italiano em prática e conhecer as gelaterias mais tradicionais de Roma, há as recomendadas Giolitti e a San Crispino. Comprovadamente boas gelaterias, estas duas representam os estabelecimentos mais conhecidos em sorvetes. Os sabores mais populares incluem o Bacio (do famoso chocolate italiano de mesmo nome) e Nocciola (avelã). Uma outra opção é conhecer a pequena gelateria I Caruso, que apesar de não ser tão conhecida oferece um dos melhores sorvetes de toda a Roma.

Para apreciar o verdadeiro sabor do gelato italiano algumas sorveterias oferecem somente a opção no copinho, mas para os amantes das casquinhas há também outras gelaterias que compartilham seu gosto (e com grande variedade), ou seja, quem escolhe vivenciar a cultura italiana de perto pode apreciar o melhor gelato do mundo da forma que preferir, seja com os sabores da estação ou com os mais tradicionais.

Entre já em contato com a equipe especializada Optima Intercâmbio e veja como você pode fazer intercâmbio e tomar o gelato mais saboroso do mundo em Roma.

O Panteão em Roma, Itália

Estudar italiano em Roma é muito mais do que aprender um idioma, é viver e estar em contato o tempo todo com uma das línguas mais belas do mundo. Nós, da Optima Intercâmbio, sabemos como a experiência cultural é importante para o estudo no exterior, por isto oferecemos destinos interessantes e cheios de atividades, como Roma na Itália.

Localizado na charmosa Piazza della Rotonda, bem no centro da capital italiana,  está o Panteão, uma das construções da antiguidade mais importantes de todo o mundo. Também conhecido como Panteão de Agripa este prédio é um passeio inesquecível para quem quer aprender italiano e conhecer Roma.

panteao-roma-estudar-italiano-exterior-intercambio-02
(foto)

O Panteão um templo dedicado aos Deuses Romanos e depois da cristianização de Roma um altar cristão foi incluído na construção. Hoje o prédio funciona como uma das igrejas mais importantes de Roma e abriga os túmulos de italianos de altíssima importância como os antigos Reis da Itália e o artista mundialmente reconhecido Raphael.

Construído originalmente na época greco-romana, mais precisamente em 27 a.C. o Panteão passou por um incêndio e teve de ser reformado entre os anos 119 e 128. Desde então o prédio se mantém o mesmo e é um dos mais bem conservados de toda a Itália.

A arquitetura do Panteão em Roma foi criada por Vitruvius e é inspirada nas inúmeras construções da época que exibiam grandes colunas que apontam para os céus além de oferecer um interior amplo e enorme. Suas portas de bronze, ainda originais, abrigam uma das partes mais importantes de todo o Panteão, a cúpula.

panteao-roma-estudar-italiano-exterior-intercambio-01
(foto)

A cúpula do Panteão é uma atração em si, com um diâmetro do mesmo tamanho que todo o prédio ela se tornou uma das mais famosas de todo o globo. A parte mais bela fica por conta dos detalhes entalhados em forma de caixote que ficam ainda mais visíveis pela iluminação que vem do óculo de mais de 8 metros em seu centro.

Aprenda mais sobre a cultura italiana estudando italiano em Roma. A Optima Intercambio oferece pacotes completos de estudo no exterior para você aproveitar seu intercâmbio de forma completa. Saiba mais como você pode conhecer o Panteão e aprender italiano em Roma entrando já em contato com a nossa equipe especializada.

A bela basílica de São Pedro em Roma

Aprender italiano em Roma é a oportunidade de aprender o idioma dentro da cultura local e não há nada mais italiano do que conhecer a fantástica capital Roma. Roma tem inúmeros pontos turísticos e atrações interessantes, como a bela Basílica de São Pedro.

O primeiro imperador cristão de Roma, Constantino foi quem ordenou a construção da basílica que hoje é a mais importante do mundo. Localizada na Colina do Vaticano onde São Pedro foi enterrado em 64d.C., a Basílica de São Pedro era originalmente um pequeno santuário que cresceu ao longo dos séculos.

(foto)

Durante o século XV a Basílica de São Pedro sofreu uma das maiores alterações de toda a sua história. Ela foi restaurada e ampliada por ordem do papa Nicolau V, que infelizmente faleceu e as obras foram abandonadas. A basílica só tomou nova forma em 1506 quando o papa Julius II decidiu derrubar a antiga igreja e edificar uma nova Basílica que demorou 120 para ser construída e tomar a forma que tem hoje.

Atualmente a Basílica de São Pedro tem a estrutura renascentista e barroca e é a maior do mundo com 45 altares e com uma nave que mede 218 metros. A cúpula também é a maior do mundo, com 138 metros de altura e 42 metros de diâmetro.

A Basílica de São Pedro é famosa não somente pela sua importância histórica e religiosa, mas também pela sua relevância cultural. Ela é altamente decorada e inclui obras-primas de diversos artistas famosos incluindo a famosa escultura Pietà de Michelangelo, que também decorou a enorme cúpula; além do o Túmulo do Papa Urbano VII e a Imagem de São Longuinho feitos por Bernini e a estátua de São Pedro feita por Arnolfo di Cambio.

Como no interior de qualquer templo religioso é necessário ter discrição em relação a vestimenta e a entrada na Basílica é gratuita, contudo o acesso à cúpula, que pode ser via elevador ou escadas, é paga, mas vale a pena.

A vista da cúpula da Basílica de São Pedro é incrível. É possível apreciar Roma em toda sua beleza e ver a fantástica Piazza di San Pietro, com seu forte obelisco e as suas duas fontes idênticas.Aprenda italiano em Roma e descubra mais sobre uma das culturas mais importantes do mundo no berço da Itália. Entre já em contato com a Optima Intercâmbio e saiba mais sobre como estudar italiano no exterior.

Faça um pedido na Fontana di Trevi em Roma

Estudar na Itália é uma experiência inesquecível que colabora para o desenvolvimento pessoal e profissional.Por isto a Optima Intercâmbio escolhe destinos nos quais a experiência de estudar no exterior está diretamente relacionada idioma local, como em Roma.

Para quem escolhe estudar italiano em Roma, a Fontana di Trevi é um dos pontos de parada obrigatórios.

(foto)

Localizada na Rione Trevi, a Fontana é especial por inúmeras razões. Ela é a maior e a mais famosa fonte de toda Roma com aproximadamente 26 metros de altura e 20 metros de largura.

Originalmente criada por Nicola Salvi, a Fontana di Trevi começou a ser construída em 1732 e suas obras terminaram 30 anos pelas mãos de Giuseppe Pannini. As belíssimas esculturas na Fontana mostram a carruagem de Netuno sendo guiada por Tritão e cavalos marinhos – um dócil e um selvagem – representantes das variações do mar.

Um fato interessante é que a incrível Fontana di Trevi recebe suas águas do antigo aqueduto subterrâneo chamado Aqua Virgo, criado no século I e que sobreviveu inúmeras batalhas na cidade. O aqueduto tem um encontro de três vias, ou seja, de tre vie, que desemboca na fonte e daí veio seu nome: Trevi.

A fama da Fontana di Trevi se fortaleceu ainda mais depois que a belíssima Anita Ekberg mergulhou em suas águas no filme de1960, La Dolce Vita de Fellini.

Há uma lenda muito conhecida na qual se diz que se uma moeda for jogada dentro da Fontana di Trevi, a pessoa retornará à Roma; se uma segunda moeda for jogada, a pessoa se apaixonará por um/a italiano/a e se uma terceira for jogada, ela garante o casamento.

E o que será que acontece com todo o dinheiro que é jogado dentro da Fontana di Trevi todos os dias? O dinheiro é recolhido e doado para a Cruz Vermelha, logo, seu desejo também pode ajudar o próximo.

A Optima Intercâmbio seleciona destinos onde aprender um idioma e conhecer a cultura local são partes da mesma experiência. Saiba mais sobre como estudar italiano em Roma entrando em contato com a nossa equipe especializada.

Passeio pelo Forum Romanum em Roma, Itália

A Optima Intercâmbio seleciona destinos e instituições de ensino onde se integra o estudo à cultura local criando uma experiência de intercâmbio inesquecível, como por exemplo estudar italiano em Roma.

Roma foi e é uma das principais cidades do mundo, a maior de toda a Itália e o berço de uma das mais poderosas civilizações de todos os tempos. É em Roma que muito do que conhecemos hoje começou a se desenvolver e ser criado, especialmente em uma área chamada Forum Romanum.

(foto)

O Forum Romanum é um dos exemplos mais interessantes das ruínas de Roma e apesar de não ser tão famoso como o belíssimo Coliseu, o Forum Romanum abriga vestígios remanescentes desde a idade média, sendo de extrema importância histórica e é um passeio imperdível para quem quer estudar em Roma.

A área do Forum Romanum era o centro político e social da cidade antiga e lá se desenvolveram as instituições legais, o conceito de urbanização, se estabeleceram os sistemas militar e legal.

O coração de Roma realmente era no Forum Romanum, um lugar de alto prestígio onde aconteciam os debates, discussões e decisões que impactavam sobre todo o Império é possível ver fragmentos de objetos, esculturas e construções ao longo da via Sacra, a rua principal da Roma Antiga e que passa exatamente pelo meio do Fórum Romanum.

Hoje as ruas de paralelepípedo desta área não estão no melhor estado de conservação, mas remetem à um tempo no qual Roma era, de fato, o centro do mundo antigo. Foi aqui que o imperador Júlio César estabeleceu sua residência como forma de demonstração de seu poder, foi também no Forum Romanum que as trocas comerciais se realizavam, como um distrito comercial que conteve em si a sede do governo e os tribunais.

O Forum Romanum é composto por templos, incluindo o de Antoninus e Faustina, além do Castor e Pollux, Romulus e Saturno; importantes construções como a Cúria Hostília, a primeira sede do Senado durante a República Romana; o incrível arco de Septimius Severus; a Casa das Virgens Vestais, encarregadas de manter e cuidar do Templo de Vesta; e a enorme Basílica Maxentius.

Estudar na Itália e poder conhecer as origens da cultura italiana em um dos lugares de maior importância do mundo é uma das ótimas vantagens de ser um estudante em Roma. Para mais informações sobre pacotes completos de estudo na Itália entre já em contato com a equipe especializada Optima intercâmbio.