Se você tem interesse em intercâmbio para Londres, se liga no depoimento de hoje, que foi enviado pelo nosso #ViajanteOptima Gustavo Henrique Pereira. Confira!

Londres é uma cidade acolhedora

Ele nos enviou em formato de áudio contando como foi sua experiência de intercâmbio! Desde o primeiro contato com a escola, até as amizades que ele conquistou para a vida toda, com outros intercambistas de diversas nacionalidades. Em sua escola, ele nos contou que teve sorte de ter contato com poucos brasileiros. Isto fez com que ele evoluísse muito seu inglês. Contou também que amou Londres, destacando principalmente as pessoas de lá! E claro, disse que teve a oportunidade de conhecer também, Manchester e Paris!

Como a Optima me ajudou

O Gustavo não deixou de tecer elogios ao time da Optima! Visto que o ajudaram desde o primeiro contato, através da nossa consultora Natalice. Ele nos diz que ela lhe deu todo apoio necessário com a escolha de destino. Ao passo que tudo foi feito sem precisar de vir à nossa agência! Além disso, agradeceu a paciência durante o momento que ele precisava tomar decisões chaves sobre seu intercâmbio. Do mesmo modo, agradeceu nossa equipe de pós-venda e suporte ao intercambista por todo o cuidado em certificar que seu intercâmbio ocorresse da melhor forma possível! Todo esse carinho, fez com que, de acordo com ele mesmo, gerasse confiança de que sua viagem iria ocorrer sem problemas!

No fim, ele manda um recado de encorajamento à todos que ainda tem dúvida sobre fazer intercâmbio e espera que seu depoimento incentive a viver essa experiência para a vida toda! Confira o áudio na íntegra!

Gustavo Henrique Pereira
Viajante Optima

E você, #ViajanteOptima, se sentiu inspirado para, assim como o Gustavo, compartilhar sua história para o mundo? A Optima resolveu facilitar para você e assim, elaboramos um meio no qual que seu relato seja escrito com mais facilidade! É bem simples, basta clicar aqui para que em poucos passos, sua história seja eternizada!

Previous reading
Meu intercâmbio em Malta | Por Henrique Krause
Next reading
Visto de Trabalho na Irlanda: as novas permissões