Situada nas margens sul do rio Ottawa, na província de Ontário, Ottawa é a capital do Canadá e uma das maiores cidades do país. Próxima à fronteira com os Estados Unidos, Ottawa é um destino moderno, com ótimas instituições de ensino e um alto índice de qualidade de vida. Não por acaso, a cidade atrai muitos turistas e visitantes estrangeiros, muitos dos quais interessados em estabelecer residência no local.

Cultura

canal rideau em ottawa
Rideau Canal

A capital do Canadá é onde estão alguns dos museus mais famosos do país. Um exemplo é o Canadian Museum of History, cujas exposições contam um pouco mais sobre a história do Canadá desde o período em que era habitado apenas por povos aborígenes. Além disso, temos o Canadian War Museum, que possui em seu acervo mais de 10 mil artigos relacionados às guerras em que o país já esteve envolvido. Consequentemente é possível conhecer também locais históricos, como o Canal Rideau, construído em entre 1826 e 1832. Sua finalidade era de facilitar o transporte de pessoas e equipamentos em situações de guerra.

Para quem aprecia arte, a capital do Canadá também é um destino interessante. Dessa maneira, o país conta com a National Gallery, uma galeria centenária, com quase 50 mil obras, entre quadros e esculturas. Já em relação aos eventos mais importantes de Ottawa, é possível citar o aclamado Festival de Tulipas, e o Winterlude, uma festa de inverno conhecida por exibir esculturas de gelo espetaculares.

Culinária

panqueca com mapple syrup
Famosa panqueca com xarope de bordo

A culinária da capital do Canadá costuma agradar a maior parte dos visitantes. Afinal, tem como um de seus pratos mais tradicionais o poutine, que é preparado com batata, queijo e molho. Entre as sobremesas, a butter tart, uma torta que leva açúcar, ovos, manteiga e maple syrup e massa folhada, é uma das favoritas dos canadenses. Em Ottawa, é possível encontrar ótimos restaurantes no Rideau Centre, e ao visitar a região central da cidade. Sem dúvida uma parada imperdível é o ByWard Market, um dos mercados populares mais antigos do país. O local está em funcionamento desde o século XIX.

Vida Noturna

Decoração noturna em Rideau Canal

As opções de diversão noturna na capital do Canadá se concentram principalmente no centro da cidade. Você vai encontrar diversão no entorno do ByWard Market, e de lugares como a Elgin Street e o Rideau Center. De fato, esses locais são onde ficam os melhores bares e casas noturnas de Ottawa. Muitos dos quais oferecem shows ao vivo ou apresentações de DJs e música eletrônica, seguindo o estilo dos pubs europeus.
Apesar de não ser a maior cidade do país, a capital do Canadá é considerada uma cidade bem eclética, com várias opções de entretenimento distintas. Certamente, este destino é capaz de agradar a todos os gostos.

Transporte público em Ottawa

ônibus público em ottawa
Ônibus publico em Ottawa

Uma das maneiras de se explorar a capital do Canadá é caminhando. Visto que a cidade é basicamente plana e os pontos turísticos mais importantes próximos uns dos outros. No caso das distâncias mais longas, uma boa saída é alugar uma bicicleta ou utilizar as linhas ônibus que integram o sistema de transporte da cidade. No caso da bicicleta, é possível alugá-las através de empresas como Rent a Bike e VeloGo, as quais possuem estações de aluguel pela cidade com máquinas de autoatendimento, o que torna esse processo mais simples e fácil.

Em relação ao ônibus, esse é o transporte ideal para para circular pelas regiões centrais de Ottawa. O valor da passagem pode ser pago na entrada, entretanto o dinheiro precisa estar contado, pois não existe troco. Já para se dirigir até pontos mais afastados ou outras cidades, o sistema de light rail, que é um veículo leve sob trilhos, é a melhor alternativa. A capital do Canadá se encontra a cerca de quatro horas de Toronto, que é o centro financeiro e maior cidade do país, e a duas horas de Montreal, segundo maior centro urbano da região.

Clima

por do sol em ottawa
Por do sol em Ottawa

O outono/inverno na capital do Canadá é bastante rigoroso, quando comparado às temperaturas do Brasil. Enquanto o outono tem médias de 10°C, o inverno, entre os meses de janeiro e março, costuma ter temperaturas negativas e muitos dias de neve, com sensações térmicas baixíssimas. Para suportar o frio, a cidade oferece a infraestrutura apropriada, com sistema de aquecimento em praticamente todos os lugares.

Na primavera, as temperaturas começam a subir gradativamente, chegando próximo aos 20°C no mês de maio. Essa é considerada a época mais bonita da capital do Canadá, pois a cidade fica bastante florida e alegre. No verão, por sua vez, o clima costuma ser quente para os padrões do país, com temperaturas de até 30°C.

Intercâmbio na capital da Canadá

O intercâmbio na capital do Canadá é uma das opções mais populares entre os estudantes brasileiros, e no caso específico de Ottawa. A capital do país possui muitos encantos e vantagens indiscutíveis. Em primeiro lugar, esse destino possui um custo de vida mais baixo que Toronto, Montreal e Vancouver. Além de ser considerada como uma das cidades mais seguras do mundo.
A infraestrutura de primeiro mundo da cidade proporciona ótimas instituições de ensino e um estilo de vida tranquilo, com acesso a estabelecimentos de alta qualidade e uma experiência cultural única. Seja qual for a modalidade de intercâmbio desejada, Ottawa é uma escolha inteligente e criteriosa.

parlamento do canadá em ottawa
Faixada do Parlamento Canadense

Curiosidades sobre Ottawa

  • A cidade possui 994.837 mil habitantes de acordo com o senso de 2017 e é a quarta maior cidade do país.
  • Ottawa é onde se encontra o Parlamento Canadense, e também onde fica a residência oficial do Prime Minister of Canada.
  • Em 2005, a empresa de consultoria Mercer elegeu a capital do Canadá como a cidade mais barata de se morar entre dezenas de cidades analisadas, tanto do país, como também dos Estados Unidos. Além de também ter sido considerada a segunda melhor cidade para se viver nas Américas, atrás apenas de Vancouver. Apesar de existirem lugares luxuosos na cidade, também existem muitos bairros, estabelecimentos, lojas e supermercados com preços atrativos.
  • Mais de 50% dos moradores da capital do Canadá têm menos de 35 anos de idade e possuem pelo menos pós-graduação.
  • É considerado como um destino romântico: visitantes de todo o mundo têm escolhido a capital do Canadá para passar a lua de mel. Como consequência, a cidade possui vários restaurantes e cafeterias que estão se especializando em oferecer experiências incríveis aos casais apaixonados.
  • De acordo com a revista Forbes, a capital do Canadá está entre as 5 cidades mais limpas da América do Norte, o que pode ser comprovado nas ruas irretocáveis e bastante floridas que existem por toda a capital canadense.
  • Ottawa foi escolhida como a capital do Canadá no ano de 1857 pela Rainha Victoria, que ocupava o trono britânico no período.
  • Muita gente pensa que por ser a maior cidade do Canadá, Toronto é a cidade capital do país.
  • É a sétima capital mais fria do mundo, estando atrás somente das capitais da Mongólia, Cazaquistão, Rússia, Finlândia, Islândia e Estônia.

Estados e capitais do Canadá?

O Canadá é dividido em províncias e ao todo são 10 porções, além dos Territórios dos Noroeste, Nunavut e Yokon. Confira quais são elas e suas capitais:

Província Capital
Colúmbia Britânica Victoria
Alberta Edmonton
Saskatchewan Regina
Manitoba Winnipeg
Ontário Toronto
Québec Quebec
Nova Brunswick Fredericton
Nova Escócia Halifax
Ilha do Príncipe Eduardo Charlottetown
Terra Nova e Labrador St. John’s.
Territórios do Noroeste Yellowknife
Nunavut Iqaluit
Yukon Whitehorse

Leia mais sobre intercâmbio no Canadá.

Saiba mais sobre o trabalho da Optima Intercâmbio

A Optima está presente em países das Américas, Europa, África e Oceania. Com o objetivo de ajudar os seus clientes a terem a melhor experiência possível no exterior, a Optima presta auxílio em todas as etapas desse processo, desde a escolha do destino ideal, até questões burocráticas e a definição de questões como moradia, instituição de ensino e seguro saúde.

Previous reading
Não imaginei que fosse criar raízes em Londres | Por Júlia Raquel
Next reading
Meu intercâmbio em Malta | Por Henrique Krause