Powerscourt Estate

Powerscourt State, Irlanda

Karina Batista, Sara Ribeiro e Julieni Milan que é parte da equipe da Optima Intercâmbio na Irlanda em visita ao Powerscourt State

Powerscourt é uma das mais belas propriedades da Irlanda. Situado nas montanhas de Wicklow, foi originalmente um local estratégico de grande importância para os anglo-normandos que chegaram na  Irlanda no século 12.  Por volta do ano de 1300 o castelo estava sendo construído pela família “Power”.  O castelos sofreu várias alterações durante posse de diferentes famílias nos séculos afrente. Dentre elas estão várias poderosas famílias como O’Tooles e os Fitzgerald, condes de Kildare.

Em 1603, o Castelo de Powerscourt e suas terras foram concedidas ao inglês Richard Wingfield. Depois de uma carreira militar de sucesso na Irlanda, Flandres, França e Portugal, Wingfield foi nomeado cavaleiro e marechal da Irlanda em 1600 e seus descendentes permaneceram em Powerscourt por mais de 350 anos.

Palladian Design
Powerscourt foi muito alterado no século 18, quando o famoso arquiteto alemão, Richard Castle, remodelou o castelo e terras. O trabalho foi encomendado por Richard Wingfield (1697-1751) e envolveu a criação de uma magnífica mansão nas cercanias do castelo. O pátio central foi convertido em um hall de entrada por baixo do salão de beleza inigualável. A fachada norte foi adaptada para apresentar uma entrada triunfal no estilo Palladio, enquanto o Sul e frente dos jardins  eram inicialmente apenas dois andares de altura. Um piso extra foi adicionado em 1787 e outras alterações importantes foram feitas no final do século 19. A casa continha alguns dos mais belos interiores do século 18 na Irlanda.

História do jardim
Os jardins de Powerscourt foram construído em dois grandes períodos. Quando o castelo foi reconstruído na em 1731, as terras circunvizinhas foram estabelecidas em uma série de passeios e parques ao Norte, com jardins cuidadosamente planejados e terraços para o sul. O projeto refletia o desejo de criar um jardim que fazia parte da paisagem de uma forma geral. Do lado norte, plantações de árvores davam vista para a casa, enquanto um jardim murado, viveiro de peixes, cascatas, grutas e terraços compunham a vista para o lado sul. Trillhas foram feitas através do terreno arborizado e uma avenida com árvores dos dois lados e muito bem alinhadas eram outro detalhe magnificente da propriedade.

Um século mais tarde o Sexto Visconde de Powerscourt ordenou ao seu arquiteto, Daniel Rodrigues, que elaborasse um novo projeto para os jardins. Robertson era um dos principais defensores dos projetos de jardim italiano que foi influenciado pelos terraços e as características formais da villa italiana renascentista e aperfeiçoado nos jardins da França e Alemanha. A morte do Sexto Visconde em 1844 fez com que as alterações dos jardins cessassem até que seu filho retomou o trabalho em 1850. Usando uma combinação dos projetos de Robertson e planos de outros profissionais da época, as obras foram concluídas. Uma enorme quantidade de árvores foram plantadas e o jardim foi decorado com uma incrível coleção de estátua, ítens em metal e outros elementos decorativos. Na época de sua morte, em 1904, o Sétimo Visconde  havia transformado a propriedade totalmente.

Futuras gerações dos Wingfields mantiveram a propriedade, acrescentando um Jardim Japonês, a torre de Pepper Pot  e algumas espécies de árvores. Em 1961, a propriedade passou para a família Slazenger, a qual deu cuidado e atenção aos Jardins. Os jardins foram abertos ao público e em 1974 quando uma grande reforma foi realizada para que a casa podesse ser aberta para os visitantes, a qual se tornou um das principais atrações turísticas da Irlanda.

O Fogo
Tragicamente, na madrugada de 04 de novembro de 1974, um incêndio tomou conta do segundo andar e pela manhã  a parte principal parte da casa a qual era uma concha sem teto. Ninguém ficou ferido, mas todas as principais salas de recepção e quartos foram destruídos. As paredes da casa principal, com vários escultura em pedra do século 16 lembram a tragédia ocorrida há mais 20 anos.

Powerscourt Hoje
Em 1996 foi iniciado um processo de revitalização com a reconstrução dos telhados e a restauração das janelas exatamente como eram antes do incêndio. O hall de entrada dispõe agora de uma exposição que descreve a história fascinante de Powerscourt, enquanto que as lojas, um café e instalações para visitantes de outros também estão localizados na casa. O salão principal foi restaurado e agora é usado para casamentos e eventos corporativos.

Orçamento Fácil
Empresa Brasileira CNPJ 12.350.272/0001-09