Qualidade de vida, segurança, acesso à educação de primeiro mundo. Vários são os motivos que fazem com que a Irlanda seja um destino muito procurado por várias pessoas ao redor do planeta. Contudo, antes de partir para esse país europeu, é necessário entender como funciona a saúde na Irlanda. Afinal de contas, com saúde não se brinca, principalmente quando se está a vários quilômetros de distância de casa.

Então, para auxiliá-lo a compreender o que fazer caso tenha alguma emergência médica na Irlanda, criamos este artigo. Nele você encontrará informações úteis sobre o serviço de saúde na Irlanda, além de dicas de como exercer a profissão no país, caso você já seja um profissional da área. Acompanhe a seguir:

Saúde na Irlanda: como funciona

profissional da saúde

 

A primeira coisa que você precisa saber sobre o sistema de saúde na Irlanda, é que, diferente do sistema de saúde no Brasil, lá não existe saúde pública, exceto para crianças com menos de seis semanas de idade. Para as outras faixas etárias, mesmo que o atendimento seja feito em um hospital público, haverá a cobrança de taxas. Segundo o site Citizens Information, uma única consulta por motivo de doença ou acidente custa 100 euros. Por esse motivo, o seguro saúde é requisito tão importante na hora de visitar o país.

Caso você precise de um atendimento médico que não seja de urgência, o primeiro passo é marcar uma consulta com um GP (General Practitioner), o clínico geral. Ele atua de forma semelhante ao médico de família e cobra, por atendimento, entre 50€ e 70€. Caso julgue necessário, o GP irá o encaminhar ao hospital para um atendimento de emergência ou uma consulta com um especialista. Com o encaminhamento médico você não precisará pagar a taxa de 100 euros.
Além do encaminhamento feito pelo clínico geral, existem outras formas de obter atendimento médico de graça na Irlanda. Veja a seguir:

Medical Card

O Medical Card (cartão médico) é um benefício concedido a todos os cidadãos europeus que comprovem falta de condições financeiras de custear as despesas médicas no país. Ele é emitido pelo HSE (Health Service Executive), órgão responsável por prestar serviços sociais para todos aqueles que residem na Irlanda.

Para solicitar o Medical Card, é preciso preencher alguns requisitos, como por exemplo, ser aposentado e não ultrapassar o limite de renda familiar. Crianças com até 6 anos de idade também podem contar com os benefícios proporcionados pelo cartão médico. Com ele é possível ser atendido emergencialmente em hospitais públicos e ainda contar com outros serviços de saúde gratuitamente.

Seguro governamental

Já o Seguro Governamental permite que estudantes estrangeiros tenham acesso gratuito à saúde pública na Irlanda. Inclusive, a sua contratação é requisito obrigatório para tirar o visto para estudar no país por mais de 90 dias.

O Seguro Governamental pode ser adquirido na própria escola que oferecerá o curso. Ainda, é possível contratá-lo em agências de viagens estudantis, como na Optima Intercâmbio, por exemplo. Contudo, é preciso estar atento, pois trata-se de um seguro-saúde bem básico, que não cobre atendimento ambulatorial ou exames, somente casos de emergências médicas. Nesses casos, o beneficiário paga a taxa de 100 euros e sobre o valor excedente, é feito um reembolso pela seguradora.

Seguro Saúde na Irlanda e Plano de Saúde Privado

seguros saúde

 

O seguro saúde dá direito a atendimento ambulatorial, realização de exames e atendimento hospitalar em casos de emergência. Além disso, ele também oferece compensação financeira para alguns imprevistos de viagens, como extravio de bagagem, gastos com medicamentos, entre outros. Os seguros mais em conta do mercado custam cerca de R$ 2.500,00 para um período de intercâmbio de seis meses.

Já o plano de saúde particular também cobre atendimento ambulatorial e realização de exames. A grande vantagem dessa modalidade é poder substituir o seguro governamental no caso do visto de estudante, inclusive é uma boa opção para os intercambistas de curta permanência. Contudo, é preciso contratar um plano com cobertura de pelo menos 25 mil euros para despesas médicas decorrentes de acidentes e doenças e cobertura ilimitada em caso de internação hospitalar. Além disso, é necessário que a seguradora esteja sediada na Irlanda.

Como trabalhar na área de saúde na Irlanda

trabalho na área da saúde

 

Agora que você já conheceu um pouco sobre o funcionamento do sistema de saúde na Irlanda, é hora de ficar por dentro do mercado de trabalho para quem atua na área. A boa notícia é que o setor de saúde irlandês está sempre carecendo de profissionais para suprir a crescente demanda de atendimento. Isso significa que se você possui formação na área da saúde, poderá ir fazer carreira no país. Contudo, é importante estar atento às burocracias exigidas pelo governo irlandês para exercer a sua profissão por lá.

Diploma válido na Irlanda

Se o seu diploma foi expedido por alguma instituição de ensino brasileira, deverá primeiramente torná-lo válido em solo irlandês. Na Irlanda, esse é um processo que costuma ser bem simples. Basta acessar o site do QQI (Quality and Qualifications Ireland), encontrar a sua qualificação e imprimir a declaração de compatibilidade.

Health and Social Care Professionals Council

Para trabalhar na área saúde na Irlanda é necessário primeiramente que o profissional se registre no órgão de classe da sua profissão. Todos os conselhos de registro irlandeses são fiscalizados pelo Health and Social Care Professionals Council (CORU), órgão regulador das atividades executadas por profissionais de saúde e assistência social do país.

Inglês fluente

Outro requisito para trabalhar como profissional de saúde na Irlanda é possuir inglês fluente. Essa exigência deve-se ao fato de que para atender um paciente é preciso comunicar-se de forma clara com ele. Por esse motivo, caso você ainda não domine o idioma, poderá realizar um intercâmbio na Irlanda oferecido pela Optima Intercâmbio.

Antecedentes criminais (Garda Vetting)

Na Irlanda, todos os profissionais que trabalham com crianças ou adultos em situação de vulnerabilidade precisam ser investigados pelo Gabinete Nacional de Fiscalização da Garda Síochána. Nesse caso, o atestado de antecedentes criminais (Garda Vetting) é solicitado pelo recrutador.

Currículo atualizado em inglês

Depois do cumprimento de todas as burocracias, é hora de preparar o currículo profissional. É através dele que o candidato indicará ao recrutador suas experiências profissionais e acadêmicas. Contudo, não se deve esquecer de que o currículo, além de atualizado, deverá estar em inglês.

Onde procurar emprego como profissional de saúde na Irlanda?

procurando trabalho

 

Você pode se candidatar às vagas de trabalho na área de saúde na Irlanda estando ainda no Brasil, através de sites de emprego. Então, para facilitar o seu processo de busca, listamos alguns que consideramos primordiais:

Health Service Executive (HSE)

No site do HSE (departamento de saúde da Irlanda) é possível encontrar as vagas de trabalho disponíveis para profissionais da saúde em todo o país. O portal é bem intuitivo e de fácil usabilidade. Você pode, inclusive, pesquisar por vagas nas cidades de seu interesse. Além disso, o site do HSE também oferece orientações aos estrangeiros sobre os processos de recrutamento. Entre elas, de como se candidatar e como validar e reconhecer as qualificações não irlandesas.

Healthcarejobs

O Healthcarejobs é um site que em parceria com vários recrutadores, oferece oportunidades de emprego na área de saúde na Irlanda. O site possui ofertas de trabalho para médicos, cuidadores, enfermeiros e farmacêuticos. Para se candidatar a uma das oportunidades oferecidas pelo Healthcarejobs, é preciso se cadastrar no site.

Indeed

Embora não seja voltado apenas para profissionais da área de saúde, o Indeed é considerado uma boa ferramenta para quem busca trabalhar no exterior. A busca pelo site é gratuita e simples, bastando que o candidato digite o cargo almejado e onde deseja trabalhar. Nele, há oportunidades de emprego na área de saúde disponíveis por toda a Irlanda. Para se candidatar é preciso se cadastrar no próprio site, além de incluir nele o seu currículo profissional.

LinkedIn

O LinkedIn é considerado a maior rede social para negócios, seja na Irlanda ou nos demais países do mundo. Isso significa que se você estiver pretendendo trabalhar na área de saúde na Irlanda, poderá utilizar o site para buscar por oportunidades. Além da possibilidade de se candidatar às vagas com o seu perfil, o LinkedIn também permite que você interaja com outros profissionais cadastrados no site. Para se candidatar às vagas disponíveis na rede social, é preciso criar uma conta gratuita e um perfil profissional.

Nurse Jobs Ireland

O Nurse Jobs Ireland é um site que exibe, exclusivamente, vagas para o setor de enfermagem na Irlanda. Além de divulgar as oportunidades de trabalho para enfermeiros, o site também possui informações relevantes relacionadas ao setor no país. Para se candidatar às vagas disponíveis no site é preciso se cadastrar previamente.

Onde atuam os profissionais da saúde na Irlanda?

estetoscópio na mão

 

Agora que você já sabe onde encontrar uma oportunidade de trabalho como profissional de saúde na Irlanda, é hora de entender onde poderá exercer a profissão no país. Veja a seguir onde atuam os médicos, enfermeiros, farmacêuticos, cuidadores e vários outros profissionais comprometidos com a saúde o bem-estar da população irlandesa:

  • Hospitais públicos e particulares;
  • Clínicas médicas;
  • Instituições de caridade;
  • Em domicílio, como GP (General Practitioner);
  • Farmácias;
  • Lares de idosos.

Vale a pena trabalhar na área de saúde na Irlanda?

Com uma taxa de desemprego de apenas 6,4% segundo o index mundi e um salário mínimo de 9,75 euros por hora (um dos maiores da Europa), podemos concluir que vale a pena trabalhar na área de saúde da Irlanda. O país é bem receptivo para trabalhadores estrangeiros e oferece, inclusive, alguns incentivos fiscais para alguns segmentos de mercado.

 

• • •

Caso esteja buscando por experiência de vida na Irlanda, conte com a Optima Intercâmbio. Possuímos convênios com as melhores escolas de idiomas do país, além de serviços voltados a facilitar a vida do estudante, como seguro saúde e tradução juramentada.

Clique aqui e fale conosco!

Previous reading
E uma nova etapa, todo apoio é bem vindo | Por Gabriela Mendonça
Next reading
Bray é encantadora | Por Tiago Porto