Intercâmbio em Zurique

Informações gerais

População
402.762 de habitantes
Idioma
Alemão
Extensão territorial
91.88 km²
Moeda
Franco Suíço (CHF - Fr)
Fuso Horário
UTC +1 ou UTC +2 (DST)
Data da viagem
  • Nos próximos 3 meses
  • Em 3 meses à 6 meses
  • Em 6 meses à 1 anos
  • Em mais de 1 ano
  • Não defini a data
Duração do intercâmbio
  • 1 mês
  • 3 meses
  • 6 meses
  • 1 ano
  • Outro / Ainda não sei

Quando pensamos na Suíça, lembramos logo dos chocolates, relógios, canivetes e queijos suíços. Mas a cidade de Zurique é tão famosa e impressionante quanto esses objetos! Localizada à beira de um lindo lago, a cidade é uma exuberante e elegante mistura de concreto e natureza. Fazer um intercâmbio em Zurique não só é uma aventura maravilhosa, como uma experiência única que só a Optima Intercâmbio pode oferecer!

Conheça a cidade Conheça a cidade
Clima predominante

Clima predominante

Temperado oceânico

Salário mínimo

Salário mínimo

Negociável individualmente

Código telefônico

Código telefônico

+41

Tomada

Tomada

230 V

Características do país

  • Cultura

  • Culinária

  • Vida noturna

  • Transporte Público

  • Diferencial

  • Custo de Vida

  • Trabalho

Cultura

Zurique é a maior cidade da Suíça. E, além de ter a melhor qualidade de vida do mundo, é o centro financeiro do país, sendo assim um dos melhores destinos para estudar alemão na Europa. 

O período pós-II Guerra trouxe uma grande evolução econômica e urbana para a cidade. Hoje, é considerada uma cidade global. A cidade é sede de inúmeros bancos, instituições financeiras e organizações internacionais. 

Localizada às margens do lago Zurique, onde desemboca o Rio Linth, a cidade oferece uma vista privilegiada de incríveis campos e dos Alpes Suíços, um dos lugares mais belos do mundo. Estudar alemão em Zurique é poder viver a cultura suíça nas experiências do dia-a-dia; seja jogando cricket, nadando no lago, curtindo a cidade de bicicleta, apreciando o famoso chocolate suíço ou passeando pelo centro histórico da cidade. Zurique oferece praias, lojas, restaurantes e muita história; tudo que o intercambista precisa para ter uma experiência de estudo no exterior inesquecível.

A cidade é dividida em 12 distritos, dentre os mais famosos estão o centro histórico, chamado de Altstadt e o distrito industrial, conhecido como Industriequartier. As ruas montanhosas do centro histórico oferecem uma vista linda da cidade. Nele estão construções em pedra do século XIII, belas residências, a conhecida Universidade de Zurique, muitos museus e lojas charmosas que enfeitam a descida até o rio.

O rio Linth fica há uma pequena distância do bairro onde o movimento dadaísta de arte se iniciou e a calçada que corre ao longo do rio é rodeado por pequenas lojas de onde também é possível ver o maior relógio de toda a Europa na Igreja de St. Peter. 

 

Culinária

Uma das coisas mais legais quando se viaja para um lugar que tenha uma cultura diferente da sua é poder experimentar a culinária local. Essa é uma das melhores maneiras de conhecer a cultura local, além de ser uma experiência gastronômica fantástica.

Não só de queijo e chocolate vivem os suíços! A culinária local é regionalmente diversificada e muito influenciada pelos países vizinhos, como Alemanha, França e Itália.

O Rösti é bem conhecido por nós, brasileiros. É a batata ralada e frita na manteiga até ficarem douradinhas e crocantes. Alguns acrescentam diferentes ingredientes, como queijos, cebola ou um ovo frito por cima.

O Zürcher Geschnetzeltes lembra o nosso strogonoff! Por lá, é preparado com tiras de carne de vitela, vinho branco, creme de leite e caldo de carne. Alguns acrescentam ainda cogumelos. Acompanha muito bem o rösti! 

Se estiver passeando à beira do lago, pode passar em algum dos restaurantes ou quiosques próximos e pedir por um Bratwürst Mit Brot. Essa iguaria é uma típica linguiça servida com mostarda e pão - quase um cachorro quente. O Schnitzel Brot é outro lanche bem comum por lá. No pão-baguete vai salada, molho cocktail e escalope empanado de vitela. 

A Suíça tem uma variedade muito grande de salsichas. São mais de 350 tipos diferentes de salsichas graças às inúmeras variações regionais. Elas são muito presentes na culinária local e, quem fizer um intercâmbio em Zurique, vai encontrar inúmeros pratos com algum tipo de salsicha. 

Vida noturna

A cidade de Zurique é um paraíso de culturas! A cena noturna não fica muito distante disso. São inúmeros lugares como restaurantes, bares e baladas para quem quer curtir a noite agitada da maior cidade da Suíça!

O centro histórico de Zurique é uma das principais áreas para sair à noite. Há uma alta concentração de bares e baladas na região e pode ser uma ótima escolha para curtir. O distrito de Niederdorf foi o berço do movimento artístico dadaísta, no início do século XX. Hoje, a região possui muitos restaurantes e bares muito acolhedores. 

A região de Langstrasse também é um lugar bem popular. No passado, era conhecido por ser a “red-light zone”, entretanto, a região se renovou e hoje abriga muitas baladas e bares que funcionam até de madrugada!

Zürich West é uma antiga região industrial que está renascendo como um dos locais mais elegantes e descolados para curtir a noite em Zurique. São diversos bares e baladas que atraem um grande público jovem e descolado que querem desfrutar do melhor da vida noturna de Zurique!

Zurique também tem vida noturna ao ar livre! A festa anual Street Parade ocupa boa parte da via próxima ao lago com muita música eletrônica. A festa leva pessoas de todas as idades às ruas para beber, dançar e aproveitar a vida!

Transporte Público

É bem fácil conhecer a cidade à pé. Muitos pontos turísticos ficam bem próximos e isso ajuda a economizar bastante em transporte!

Entretanto, caso seja necessário usar o sistema de transporte público da cidade, saiba que ele é uma ótima opção para quem quer uma alternativa rápida e de qualidade. A cidade é um modelo de mobilidade urbana. É importante saber que, por lá, o transporte público funciona por meio de zonas tarifárias. De acordo com a troca de zonas, o valor da passagem pode ficar mais caro. Apesar disso, grande parte das coisas para fazer em Zurique estão localizadas na zona central.

O sistema de trens (S-Bahn) interliga o aeroporto de Zurique ao centro da cidade, bem como a outras cidades do país.

Para se locomover pela cidade durante seu intercâmbio, o mais recomendado é usar o sistema de VLT (trams) que cortam grande parte da cidade. É um sistema muito pontual, limpo e confortável. Caso precise ir a uma região na qual o VLT não chega, os ônibus são as melhores opções. 

Todos esses sistemas são interligados, possuem ótimas sinalizações e avisos sonoros. É possível usar todo o sistema por meio de tickets individuais ou por bilhetes diários como Swiss Travel Pass. Esses passes podem ser comprados em guichês de algumas estações, pelo app de celular ou em máquinas de autoatendimento. 

A cidade incentiva um trânsito eco-friendly. Por isso, toma medidas drásticas para diminuir o trânsito nas regiões centrais, como a limitação os locais de estacionamento de carros e o monitoramento do tráfego de veículos. Além disso, há um grande estímulo para o uso de bicicletas, possuindo até seu próprio sistema de aluguel de bikes.

 

 

Diferencial

Mesmo com um custo de vida bem elevado, a Suíça é um país com excelente qualidade de vida. É um país muito seguro e com uma infraestrutura invejável. Ao mesmo tempo, em 2019, a cidade foi considerada como a segunda melhor cidade para se viver no mundo.

O sistema educacional da Suíça é considerado um dos melhores do mundo. Quem escolhe fazer um intercâmbio para Zurique vai poder estudar nas melhores escolas de idioma do país e aproveitar o alto padrão acadêmico dos professores. São métodos inovadores que facilitam o aprendizado da língua e inserção na cultura local.

A cidade fica em uma zona de grande importância na Europa. Além de ser perto dos Alpes, é bem no centro do continente europeu. Isso facilita muito na hora de viajar para conhecer outros lugares.

Mesmo se não tiver a oportunidade de viajar para outras regiões, a cidade já vale a pena por si só! São montanhas, lagos e natureza em abundância, com muito ar puro e água fresca.

Custo de Vida

Uma das principais coisas que se deve fazer ao se preparar para um intercâmbio em outro país é verificar o custo de vida. Por isso, aqui estão algumas dicas sobre os preços na cidade de Zurique!

Mesmo que os custos variem de acordo com o estilo de vida da pessoa e o local onde ela mora, é importante saber que Zurique não é dos destinos mais em conta. 

Encontra um lugar acessível para morar em Zurique pode ser um desafio. Por isso, a maneira mais econômica de se viver em Zurique é em um quarto ou apartamento compartilhado. Eles são bem comuns por lá, especialmente pelo número de estudantes na cidade. Os valores podem variar entre 500 Fr e 900 Fr, de acordo com a localização e tamanho. 

Os custos com alimentação também podem variar bastante. O preço de uma refeição em conta, porém saudável, pode custar a partir de 15 Fr. Caso prefira preparar a própria comida, uma compra semanal em supermercado pode custar a partir de 70 Fr. As carnes costumam ser os itens que mais pesam no orçamento. 

Alguns modais de transporte costumam ter a categoria de primeira classe, entretanto, aqui utilizaremos como referência a categoria mais em conta. Os bilhetes individuais custam, em média, 4,20 Fr, enquanto um passe mensal custa 85 Fr e dá direito a viagens ilimitadas pela rede de transporte local.

Trabalho

Zurique possui um vibrante centro financeiro: um quarto das atividades econômicas está ligada a esse setor. Além disso, a cidade é sede de inúmeros bancos e é o mais importante centro de transporte do país, com um dos aeroportos mais movimentados da região dos Alpes. Das 50 maiores empresas do país, dez tem sede em Zurique. 

Mesmo com esse cenário propício para trabalhar enquanto estuda, os estudantes estrangeiros devem ficar atento às condições impostas pelo governo suíço para trabalhar por lá. Somente após seis meses de estudo que o intercambista pode começar a trabalhar no país. Assim, o empregador deve notificar às autoridades e solicitar a emissão de um visto de trabalho no país. 

Perguntas frequentes

Como é o clima de Zurique? +

As estações do ano em Zurique são bem definidas. O verão possui um clima agradável e chuvoso e o inverno é muito frio. Na estação mais quente do ano, que costuma ser entre maio e setembro, a temperatura média fica em torno 20º, dificílmente ultrapassando os 31 ºC. Já o inverno em Zurique, entre novembro e março, a temperatura mínima pode atingir -9 ºC. Então escolha sua estação favorita e se prepare para conhecer Zurique!

Qual é a diferença de horário entre Zurique e o Brasil? +

Zurique fica a 4 horas a frente do horário de Brasília. Assim, se é meio-dia em Brasília, em Zurique serão 16 horas. Durante o horário de verão na Suiça, essa diferença vai aumentar para 5 horas.

Notificação

Assine nossas notificações para se manter atualizado sobre nossas promoções!

2020 © Optima Ltda. CNPJ 12.350.272/0001-09. Empresa brasileira

Políticas de uso

e

Termos de Privacidade
Voltar ao topo