Intercâmbio na Espanha

Informações gerais

População
46,6 milhões
Idioma
Espanhol
Extensão territorial
505,9 mil km²
Moeda
Euro (EUR)
Fuso Horário
UTC +0 e UTC +1
Data da viagem
  • Nos próximos 3 meses
  • Em 3 meses à 6 meses
  • Em 6 meses à 1 anos
  • Em mais de 1 ano
  • Não defini a data
Duração do intercâmbio
  • 1 mês
  • 3 meses
  • 6 meses
  • 1 ano
  • Outro / Ainda não sei

Espanha

Este é o destino perfeito para se estudar espanhol. O idioma tem se tornado cada vez mais importante para os brasileiros. No país, existem diversas escolas, universidades e centros de ensino de qualidade. Eles estão preparados para oferecer uma experiência enriquecedora aos estudantes que escolhem fazer intercâmbio na Espanha.

Conheça o país Conheça o país
Clima predominante

Clima predominante

Mediterrâneo

Salário mínimo

Salário mínimo

1.050 €/mês

Código telefônico

Código telefônico

+34

Tomada

Tomada

230 V

Características do país

Cultura na Espanha

A cultura espanhola é extremamente rica. O país é resultado da mistura de culturas distintas, como a da Catalunha, do País Basco, da Andaluzia e de várias comunidades autônomas do país. É comum que o estudante de intercâmbio na Espanha ganhe acesso a uma infinidade de experiências novas e distintas, como se estivesse em vários países diferentes.

A cultura da Espanha pode ser descrita como alegre e plural. O país possui uma história secular, já que foi o primeiro Estado unificado de toda a Europa. Vários elementos da cultura espanhola merecem destaque. É o caso da música flamenca, um estilo musical que surgiu na Andaluzia e logo se tornou o ritmo mais característico do país.

Os estudantes de intercâmbio na Espanha também irão perceber que a arte é um aspecto importantíssimo na formação cultural espanhola. É possível citar artistas do país que se tornaram reconhecidos mundialmente, como Salvador Dalí e Pablo Picasso. Como consequência, o país possui museus famosos, como o Museu Nacional Centro de Arte Reina Sofia, na capital Madri.

A Catedral Sagrada Família, na cidade de Barcelona é um dos pontos turísticos mais visitados do país. O artista e arquiteto António Gaudi foi o seu idealizador. A obra iniciada em 1882 ainda está em processo de construção. A previsão para a conclusão do projeto é para o ano de 2026. Contudo, mesmo sem estar pronta, a Igreja Sagrada Família já é um sucesso para turistas do mundo todo.

O esporte e as festas populares como o Carnaval de Tenerife e a Feira de Abril são exemplos da energia vibrante do povo espanhol. Os alunos de intercâmbio na Espanha podem ter a certeza de que vão encontrar um ambiente cultural muito rico e atrativo.

Culinaria

A culinária espanhola apresenta algumas variações de região para região. Os pratos mais tradicionais do país são preparados com azeite, peixes e frutos do mar. Também os queijos e o ham, que é um tipo de salsicha, são muito populares entre os espanhóis.

Embora um pouco diferente da culinária brasileira, os estudantes que fazem intercâmbio na Espanha costumam se adaptar às comidas locais. Entre os pratos típicos do país, um dos mais populares é a Paella. Ela é feita com arroz, tomate, azeite e ingredientes variados, como frango ou frutos do mar. Os alunos de intercâmbio na Espanha também terão contato com o Zarangollo. É um tipo de salada preparada com pepino, cebola, ovos e batata.

A gastronomia espanhola também é muito rica e variada no que diz respeito às suas sobremesas. Um dos doces mais conhecidos é o Brazo de Gitano. Este parece um rocambole e é recheado com chocolate ou geleia de frutas. Outro bom exemplo é a Crema Catalana, um doce feito com farinha, gema de ovo e com cobertura de açúcar caramelizado.

Vida Noturna

As noites na Espanha são muito agitadas e contagiantes, com várias opções de restaurantes, bares e baladas. Na capital Madri, a Avenida Gran Vía é um ponto de encontro popular durante as noites. Com programas culturais, peças de teatro e shows de estilos variados, ela recebe cidadãos locais e estrangeiros para curtir suas atrações.

Para alunos de intercâmbio na Espanha que procuram agito em bares e clubes, o bairro La Latina é um dos maiores destaques na capital. Sempre movimentada, a região é ponto de encontro para os turistas e nativos.

Aqueles que estão fazendo intercâmbio na Espanha e à procura de um programa tipicamente espanhol para passar a noite, a Casa Patas é o lugar perfeito. Nela ocorrem shows de flamenco, que é o estilo de dança mais popular do país. Os espetáculos permitem uma imersão completa e autêntica na cultura espanhola.

Transporte Público no intercâmbio na Espanha

O ônibus, o metrô e o trem são os meios de transporte mais utilizados pelos espanhóis. Todos eles oferecem conforto aos passageiros. Porém o metrô só existe em cidades de grande porte como Madri, Barcelona e Valência. Outras características são a pontualidade e acessibilidade, além de oferecer preços especiais para estudantes em intercâmbio na Espanha.

Para viagens entre cidades, a alternativa mais utilizada pela população local é o trem. O país possui uma malha ferroviária ampla, interligando todas as regiões da Espanha entre si e outros países. Os ônibus, por sua vez, também realizam percursos entre cidades, e disponibilizam comodidades como wi-fi, filmes e serviço de bordo para tornar a viagem mais aconchegante e agradável.

Diferencial

Um intercâmbio na Espanha é, com certeza, tudo o que você precisa para ter um diferencial na vida profissional, além de ser uma ótima oportunidade para sair da zona de conforto e ter uma imersão na língua espanhola.

Aprender ou aperfeiçoar a língua em terras espanholas também permite que o ensino da língua seja ainda mais eficiente, pois aproxima-se a cultura do ensino. Além disso, conviver com a diversificada cultura espanhola significa aprender um pouco mais sobre a história da humanidade.

Um outro diferencial de um intercâmbio na Espanha é sua qualidade de vida. Os espanhóis são mestres na arte de viver bem! Por lá, as pessoas adoram se reunir em bares, praças e restaurantes. Levam uma vida muito leve, descontraída e acolhedora. Ao mesmo tempo, há uma grande qualidade de vida, em especial nas grandes cidades da Espanha, que contam com uma excelente infraestrutura e opções de lazer.

Custo de Vida

O custo de vida na Espanha é muito relativo e depende da cidade em que a pessoa escolhe morar. Em grandes centros urbanos, os gastos podem ficar em aproximadamente 600 € por semana.

Os valores da cesta básica na Espanha, quando comparado a outros países, costuma ser um pouco mais barata do que em outros países europeus. Em média, gasta-se 60 € ou menos, por semana, dependendo dos hábitos alimentares.

Quem prefere comer fora, gasta em média 12 € em cada refeição. Há uma opção interessante, nesse caso, para gastar menos: a tradição do prato do dia costuma sair com um melhor custo-benefício do que outros tipos de refeição.

Os custos com transporte público na Espanha pode variar de acordo com a cidade. Entretanto, tomando como referência uma cidade como Madrid, gasta-se de 55 € a 60 € para quem adquire um cartão viagem mensal. Para um ticket individual, os valores estão em torno de 1,5 €­.

Trabalho

A crise econômica de 2008 afetou em cheio a Espanha, assim como muitos outros países do continente Europeu. Entretanto, o mercado de trabalho tem se recuperado muito bem, com as taxas de desemprego caindo cada vez mais.

Como forma de movimentar o mercado de trabalho local, bem como atrair pessoas mais jovens - uma vez que sua população está envelhecendo - o governo espanhol tem incentivado a migração daqueles jovens que desejam estudar, trabalhar e se estabelecer no país.

Com isso, ao fazer um curso de idiomas ou outro curso que tenha duração de mais de 180 dias, o intercambista com visto de estudante pode trabalhar por até 20 horas semanais em áreas que não exigem convalidação ou especialidade.

Uma das melhores áreas para se conseguir emprego na Espanha é a de turismo. Especialmente por haver um grande número de cidades turísticas no país, sempre há a necessidade de novos profissionais.

Todos os anos o governo espanhol divulga uma lista com profissões que demandam mão de obra no país. Então, vale a pena ficar de olho!

Principais Cidades nesse país

Ofertas especiais

Vamos começar a planejar seu intercâmbio?

Perguntas frequentes

É necessário um seguro saúde para entrar na Espanha? +

Sim. Para os países que signatários do tratado de Schengen, como a Espanha, é necessário a obtenção de um seguro saúde obrigatório que cubra todo o período de duração da sua estadia no país.

É possível estudar e trabalhar na Espanha? +

Sim. O governo espanhol possibilita trabalhar por até 20h semanais, para estudantes devidamente matriculados em um curso de no mínimo 6 meses (25 semanas) de duração

Preciso de visto para estudar na Espanha? +

Se seu intercambio for menor que 90 dias (três meses), você pode entrar no país somente com seu visto de turista. Para estadias maiores que 90 dias, é necessário a obtenção de um visto de estudante, ainda no Brasil.

Inspire-se com quem já foi

“Estou amando a Espanha um país lindo com lugares incríveis, a família que me recebeu são pessoas ótimas, a escola, os professores, os colegas de sala, é tudo muito perfeito e cuidado nos mínimos detalhes para que você se sinta o mais confortável possível.”

Leia mais

Carlos Eduardo Moura da Silva - São Paulo

Solicite sua cotação de passagens!

Outros paises para se falar Espanhol

Notificação

Assine nossas notificações para se manter atualizado sobre nossas promoções!

2020 © Optima Ltda. CNPJ 12.350.272/0001-09. Empresa brasileira

Políticas de uso

e

Termos de Privacidade
Voltar ao topo