Intercâmbio na África do Sul

Informações gerais

População
57,7 milhões
Idioma
Inglês
Extensão territorial
1,221,037 km²
Moeda
Rand (ZAR)
Fuso Horário
UTC+2
Data da viagem
  • Nos próximos 3 meses
  • Em 3 meses à 6 meses
  • Em 6 meses à 1 anos
  • Em mais de 1 ano
  • Não defini a data
Duração do intercâmbio
  • 1 mês
  • 3 meses
  • 6 meses
  • 1 ano
  • Outro / Ainda não sei
intercambio na áfrica do sul foto panorâmica de cape town

Ouça o conteúdo deste artigo

Nação Arco-Íris

A África do Sul é um país que tem se tornado um destino muito procurado por brasileiros com intenção de adquirir fluência no inglês. Conhecido pela exuberância natural, o país tem várias semelhanças com o Brasil. Seu clima semelhante ao brasileiro, proporciona uma adaptação física tranquila para estudantes daqui.

 

O povo sul-africano possui uma cultura que influenciou muito os costumes e tradições brasileiras. O país também possui um ótimo custo-benefício para estudantes quando comparado a outros pontos com procura para estudo do inglês. O intercâmbio na África do Sul também é interessante por ser um país com poucas burocracias exigidas a intercambistas do Brasil. O estudo de inglês na África do Sul, o país mais desenvolvido do continente africano, permite uma experiência cultural e acadêmica fantástica!

Conheça o país Conheça o país
Clima predominante

Clima predominante

Clima temperado

Salário mínimo

Salário mínimo

20 randes/hora

Código telefônico

Código telefônico

+27

Tomada

Tomada

230 V

Características do país

  • Cultura

  • Culinária

  • Vida noturna

  • Transporte Público

  • Diferencial

  • Custo de Vida

  • Trabalho

Cultura

A cultura da África do Sul é bastante rica e diversa, com influências europeias e em especial dos povos nativos da região. É um país onde artistas valorizam o uso das cores fortes e vibrantes. Sua arte reverencia os povos primitivos do território africano. Os maiores destaques da cultura sul-africana são a música e a dança, duas paixões nacionais daquele povo. 

 

A produção musical do país é única e bastante característica, como é o caso do ritmo kwaito. Ele faz uma mistura de diversos instrumentos, além de incluir palavras de dialetos nativos. O país também se destaca como importante pólo intelectual do continente africano. 

 

 

O país africano de língua principal inglesa já recebeu, através de seus escritores, dois Prêmios Nobel de Literatura. Isto demonstra o quanto aquela nação se destaca quanto aos estudos e desempenho em conhecimentos da língua. Assim, o intercâmbio na África do Sul passa a ser uma opção de qualidade para quem deseja adquirir domínio do inglês.

 

Culinária

A gastronomia da África do Sul é rica em carboidratos e proteínas. Muitos pratos típicos são preparados com carne branca ou vermelha. Um dos mais populares nesse sentido é o Bobotie, que é um bolo de carne feito com a inclusão de ovos. Além desses ingredientes, a batata e o tomate também estão muito presentes na culinária sul-africana.

 

 

Em relação aos doces, uma das sobremesas locais mais populares é o Pudim de Malva. Este é preparado com ovos e geleia de damasco, sendo servido geralmente com acompanhamento de sorvete. Portanto, os estudantes brasileiros que fazem intercâmbio na África do Sul não costumam ter dificuldades em se adaptar aos costumes culinários do país.

Vida noturna

A vida noturna nas grandes cidades do país é bastante animada para quem faz intercâmbio na África do Sul. Especialmente durante o verão, na Cidade do Cabo, existem três locais imperdíveis para se curtir a noite. Eles são Long Street, Waterfront e Camps Bay. Long Street é uma famosa rua de compras da cidade, que durante a noite se torna um dos pontos mais badalados de Cape Town por suas boates e bares. Waterfront, é mais indicado para quem prefere um programa tranquilo, possuindo várias opções de bons restaurantes e bares intimistas.

 

Enquanto isso, Camps Bay é uma das áreas mais refinadas da cidade, onde está situado o famoso Cafe Caprice. Com certeza o estudante irá se divertir muito com o povo alegre e simpático da África do Sul.

Transporte Público

Os transportes públicos que existem nas cidades sul-africanas são trem, ônibus e vans. Para os estudantes de intercâmbio na África do Sul, o trem é o mais indicado para os percursos mais longos, pois geralmente interligam o centro das cidades com áreas mais afastadas ou cidades vizinhas. Por outro lado, o ônibus e as vans realizam trajetos próximos, sendo as alternativas mais econômicas.

 

Além dessas três opções, muitas cidades também contam com os rikkis, que são uma espécie de táxi coletivo. Por ser dividido entre algumas pessoas, as tarifas acabam sendo atrativa para intercambistas. Isto quando utilizado para percursos rápidos entre áreas próximas ao centro.

Diferencial

Um intercâmbio na África costuma ser bem barato e com um ótimo custo benefício tanto para estudos, como para hospedagem, alimentação e transporte. 

 

Além disso, a variedade de programas de intercâmbio disponíveis no país permite que cada estudante escolha aquele que melhor se ajuste às suas preferências.

 

Da mesma maneira, um intercâmbio na África do Sul é uma oportunidade perfeita para quem gosta de se aventurar! O destino é ideal para quem fazer um curso de inglês e, ainda por cima, ser surpreendido com as incríveis as atrações do ecoturismo sul-africano. Em Cape Town, por exemplo, você pode mergulhar com tubarões! Então, prepare-se para praticar esportes radicais enquanto é surpreendido com a exuberância da fauna e da flora locais.

Custo de Vida

Todas as cidades da África do Sul apresentam um custo médio parecido quando falamos de alimentação e transporte. Além disso, principalmente devido a força do Real frente à moeda local (Rand) os custos costumam ser bem mais baixos do que em outros destinos, como os Estados Unidos. 

 

Os gastos com transporte em Cape Town, por exemplo, ficam em torno de 15 randes por bilhete individual, enquanto um pacote mensal costuma sair, em média, por 400 randes. 

 

Um almoço básico para uma pessoa em um restaurante econômico sai por 140 randes, enquanto uma compra semanal em supermercados pode custar, em média, por 320 randes.

 

Fonte:

Numbeo

Trabalho

O país possui instituições de ensino de grande reconhecimento entre estudantes que fazem intercâmbio na África do Sul. Além de aprender inglês, também é possível fazer cursos de especialização em áreas como hotelaria, turismo, negócios, publicidade entre outras. Alguns programas de intercâmbio permitem a realização do estudo em conjunto a trabalhos não remunerados. 

 

Na África do Sul, várias instituições oferecem programas de trabalho voluntário. Lá, o intercambista terá a oportunidade para melhorar seu inglês e mergulhar na cultura sul-africana. 

 

Inúmeras ONGs, programas do governo e outros projetos trabalham duro para ajudar milhões de pessoas em situação de vulnerabilidade socioeconômica. Entre as ofertas de trabalho voluntário estão os programas de assistência social, saúde, educação, desenvolvimento esportivo e animais selvagens.

Principais Cidades nesse país

Ofertas especiais

Vamos começar a planejar seu intercâmbio?

Perguntas frequentes

É preciso de visto para entrar na Africa do Sul? +

Caso seu intercâmbio seja de menos de 90 dias (três meses), não é necessário a obtenção de um visto prévio. No seu desembarque, será necessário apresentar somente o Certificado International de Vacinação (CIV) e seu passaporte, com validade de pelo menos 1 mês após a data de retorno ao Brasil e no mínimo 1 página inteira em branco.

Quais são as vacinas necessárias para entrar no país? +

Sim. Na sua chegado ao país, é necessário a apresentação do Certificado International de vacinação (CIV). A vacina obrigatória para entrar no país é contra Febre Amarela, que deve ser tomada no mínimo 10 dias antes do seu embarque. Ela possui 10 anos de validade, e é necessário tomar outra dose caso passou deste prazo.

É obrigatório contratar um seguro saúde no país? +

Para estadia menor que 90 dias, o governo não exige a obtenção de um seguro saúde. Porém é recomendado contrar um seguro devido aos custos elevados de saúde no país. Em alguns casos, a escola exigirá a contratação de um seguro saúde quando for fazer sua matrícula. Para intercâmbios com mais de 90 dias, é obrigatório contratar um seguro saúde, que varia de preço de acordo com a duração da estadia.

Inspire-se com quem já foi

“Uma das melhores decisões da minha vida. Amizades incríveis, lugares maravilhosos e uma cultura extremamente interessante, obrigada pela oportunidade que a Optima me proporcionou. Ainda tenho mais 5 meses desse paraíso.”

Leia mais

Nicole Mustto - Rio de Janeiro

“A minha experiência foi ótima na África do Sul! Fui muito bem recebida na Good Hope Studies, o professor era excelente, o material ajudou bastante no aprendizado para o exame de TOEFL.”

Leia mais

Isabel Reis Candeias - Rio de Janeiro

Solicite sua cotação de passagens!

Notificação

Assine nossas notificações para se manter atualizado sobre nossas promoções!

2020 © Optima Ltda. CNPJ 12.350.272/0001-09. Empresa brasileira

Políticas de uso

e

Termos de Privacidade
Voltar ao topo