Intercâmbio na Índia

Informações gerais

População
1,366 bilhão de habitantes
Idioma
Hindi e Inglês
Extensão territorial
3,28 milhão de km²
Moeda
Rupia Indiana - INR ₹
Fuso Horário
UTC +5:30
Data da viagem
  • Nos próximos 3 meses
  • Em 3 meses à 6 meses
  • Em 6 meses à 1 anos
  • Em mais de 1 ano
  • Não defini a data
Duração do intercâmbio
  • 1 mês
  • 3 meses
  • 6 meses
  • 1 ano
  • Outro / Ainda não sei
intercambio na índia

Índia

Fazer um intercâmbio na Índia é a oportunidade de descobrir um novo mundo! Com uma cultura riquíssima, repleta de cores, sabores e aromas, fascinante talvez seja pouco para descrever a singularidade da Índia. É um país cheio de contrastes: pobreza e riqueza, caos e tranquilidade, desertos áridos e montanhas geladas, tradição e modernidade. Mesmo com essas grandes diferenças, a Índia é um país que surpreende a todos que procuram fazer um intercâmbio por lá! Seja para aprender um novo idioma, para fazer um programa de voluntariado na Índia ou para vivenciar de pertinho esta cultura impressionante, você terá sua vida transformada por meio desta experiência inesquecível!

Conheça o país Conheça o país
Clima predominante

Clima predominante

Tropical úmido

Salário mínimo

Salário mínimo

INR 176/dia

Código telefônico

Código telefônico

+91

Tomada

Tomada

220v

Características do país

Cultura

A cultura indiana conta mais de cinco milênios a história de um povo. Marcada por muita riqueza e diversidade, a cultura local se expressa, principalmente, nos costumes e tradições passados ao longo do tempo.

Na sua história mais recente, a Índia foi um posto comercial muito importante para todo o mundo. Durante a Era das Grandes Navegações, muitos povos influenciaram a cultura local, como portugueses, franceses e britânicos. Os ingleses, inclusive, fizeram da Índia a sua colônia por quase dois séculos. É por este motivo que o inglês é a segunda língua de grande parte dos indianos, além de ser a língua co-oficial do governo da Índia.

Com uma população majoritariamente hinduísta, a Índia tem sua cultura muito influenciada pela religião. Com inúmeras divindades, o hinduísmo influenciou até mesmo na organização da sociedade, que por muito tempo foi dividida em castas.

A cultura indiana ainda é bastante marcada pela música, pela dança e pelo cinema. A música é uma fusão dos diversos grupos étnicos presentes no território indiano, com muitos instrumentos de cordas e letras emotivas. A dança é quase como se fosse uma celebração aos inúmeros deuses locais. Já o cinema se destaca por ser a maior indústria cinematográfica do mundo em termos numéricos.

Durante o seu intercâmbio de voluntariado na Índia, não deixe de explorar os lugares incríveis que este país tem a mostrar. Que tal um passeio ao Taj Mahal, na cidade de Agra? Este antigo mausoléu é um dos pontos turísticos mais visitados do país! Visite alguns dos templos sagrados para os indianos e sinta toda a espiritualidade que emana destes locais, como o Templo de Lótus, em Nova Delhi.

Mumbai é a capital dos filmes indianos - produzidos por Bollywood - além de ser o centro financeiro e a maior cidade do país mais populoso do mundo. Por lá você encontra o Portal da Índia, um dos monumentos mais icônicos do país. Varanasi é outro grande destino turístico por lá, mas não é para qualquer um, afinal, a cidade gira em torno dos rituais de morte no sagrado (e extremamente poluído) Rio Ganges.

Mas se você quer conhecer um lugar para praticar yoga e meditação, a cidade de Rishikesh é o lugar ideal! Imagine um cenário de belas montanhas, águas límpidas da nascente do Rio Ganges e uma vida selvagem exuberante! Ela é perfeita para quem busca se isolar da agitação caótica das grandes cidades indianas.

A Índia é um país extremamente multicultural e cada vez mais desenvolvido, transformando-se em um ambiente perfeito para quem busca fazer um intercâmbio em um destino nada convencional, com experiências de voluntariado únicas!

Culinária

A culinária indiana é uma das mais famosas no mundo! E não é para menos: a gastronomia indiana é muito rica em sabores, temperos e cores. É uma verdadeira explosão de delícias, especialmente para quem a experimenta pela primeira vez.

A cultura local sempre utilizou muitos condimentos e especiarias em seus pratos. Em um primeiro momento, os sabores fortes - e muito apimentados - podem causar estranhamento, mas logo você se acostuma com os sabores indianos!

A Índia ainda é o paraíso para os intercambistas vegetarianos. Por lá, os animais - especialmente as vacas - são considerados sagrados, por isso, boa parte da população indiana é vegetariana. Há uma grande facilidade de encontrar restaurantes exclusivamente vegetarianos e uma boa variedade de pratos típicos. Ah, prepare-se para comer com as mãos, viu? Isso é muito comum por lá e alguns estabelecimentos mais típicos nem oferecem talheres!

Apesar de carne de vaca e bovina não ser encontrada por lá, é muito comum encontrar pratos típicos com carne de búfalo e frango, como o tikka e o tandoori. O famoso arroz indiano - chamado de Pullao - é uma delícia e leva muitas especiarias.

Outro prato típico que você poderá experimentar durante seu intercâmbio voluntário na Índia é o rogan josh, que é a carne de cordeiro servida com curry, molho de tomate e outras especiarias bem fortes. Experimente também as famosas samosas, os pasteizinhos indianos recheados de legumes ou carne de cordeiro.

Não deixe de experimentar os famosos chás indianos, a bebida mais consumida no país. O masala chai é repleto de deliciosas especiarias e vai encher seu paladar de sabores!

Vida Noturna

A vida noturna na Índia é bastante animada. As cidades de Nova Delhi e Mumbai são as que oferecem mais opções para os estudantes e visitantes. Há estabelecimentos bastante diferentes entre si e que agradam os mais diversos públicos. Vale lembrar que em cada estado indiano existe uma idade mínima para se beber. Em alguns, a idade mínima é 25 anos, enquanto em outros é 18 anos. Além disso, em Nova Delhi, os estabelecimentos noturnos devem fechar à 1h da manhã.

Mesmo com algumas restrições, a vida noturna das cidades indianas é cada vez mais animada e repleta de atrações. Você pode encontrar muitos pubs, bares e baladas. Em alguns locais, você pode se deparar com gastro-pubs ou gastro-bar, que são alguns estabelecimentos que misturam um pouco de restaurante, pub e balada, algo bastante eclético.

Transporte Público

A Índia tem um dos sistemas de transporte público mais utilizados do mundo. Os principais meios de transporte na Índia são os trens, os ônibus e os rickshaws.

Por meio dos trens você pode se movimentar por boa parte do país. Há uma grande vantagem neste modal que é a sua grande malha ferroviária, o que possibilita uma conexão a todas as partes do país. Vale aqui o aviso: atente-se às diferenças de cabines de trem. Algumas mais baratas possuem pouco conforto e há muitas pessoas, além de não possuírem ar condicionado.

Já os ônibus costumam ser veículos mais simples, mas que podem exigir uma certa esperteza na hora de utilizá-los, procurando saber bem suas rotas e pontos de embarque.

As grandes cidades, como Nova Delhi, possuem um amplo sistema de metrô, que pode ser bastante útil para percorrer longas distâncias. Para curtas distâncias, é bem válido utilizar os rickshaws ou tuktuks, que são veículos de três rodas em que um motorista leva até dois passageiros na parte de trás. Nesses casos, vale dizer que o inglês dos motoristas não costuma ser muito bom e você deverá ter bastante paciência para se comunicar! Ah, não esqueça de combinar o preço antes da viagem! Uma corrida de até dois quilômetros não deve custar mais do que 50 rúpias (ou menos do que US$1)!

Como o transporte é bastante barato na Índia, utilizar táxis pode se tornar algo bastante útil e mais fácil do que outros meios de transporte. Há uma grande presença de aplicativos de transporte nas principais cidades indianas, como o Uber ou o Ola Cabs.

Diferenciais

Fazer um intercâmbio na Índia já é um diferencial por si só. A imersão cultural promete ser intensa e transformadora. Você poderá conviver com costumes e tradições que nunca poderia imaginar. Então, essa é a oportunidade de se desenvolver culturalmente e adquirir uma vivência internacional inexplicável.

Outro diferencial de escolher a Índia é o fato de poder participar de projetos sociais e trabalhos voluntários durante seu intercâmbio. A Índia é um país muito desigual e, por isso, há inúmeras oportunidades de projetos de voluntariado. Então, você poderá desenvolver projetos voluntários em diversas áreas, como em ONGs de empoderamento das mulheres, para ajudar crianças carentes, animais ou alguma outra causa que faça sentido para você.

Fazer um intercâmbio na Índia é vivenciar uma experiência única, como você não poderá experimentar em nenhum outro lugar do mundo. Os indianos são muito acolhedores, calorosos e muito respeitosos.

Além disso, a Índia é um país que possui níveis educacionais cada vez maiores, com instituições de ensino de alto padrão, muito avançadas e que são extremamente preparadas para receber estudantes internacionais. Além disso, o baixo custo do intercâmbio na Índia pode ser um grande chamativo para aqueles que procuram experiências inesquecíveis e singulares!

Custo de vida

Viver na Índia é algo muito barato. O custo de vida na capital indiana, Nova Delhi, chega a ser até 50% mais barato do que viver em São Paulo. Então, com a metade do dinheiro que você utilizaria para viver durante um mês na maior cidade do Brasil, você utilizaria para morar em Nova Delhi.

Morando com outros estudantes em um apartamento bem localizado em Nova Delhi, o intercambista pode pagar por volta de 10 mil rúpias (algo em torno de 760 reais) mensalmente, mas é bem comum encontrar vagas por valores muito menores, de 4 a 6 mil rúpias mensalmente.

O valor com refeições também costuma ser bastante acessível. Um bom prato de comida (e que não seja tão condimentado e apimentado como a comida padrão indiana), não deve custar mais do que 300 rúpias. Se preferir se alimentar em casa, poderá gastar até mil rúpias por semana.

No geral, o custo médio de vida em uma grande cidade indiana é por volta de 25 mil rúpias mensais, ou seja, pouco mais de R$ 1900 reais mensalmente.

Mercado de Trabalho

O mercado de trabalho na Índia gira em torno das áreas de serviços, comércio internacional, indústria agrícola e tecnológica. Quem busca a Índia para fazer um intercâmbio e aprender um novo idioma não tem a permissão legal de trabalho remunerado.

Entretanto, com um visto de turista ou um visto de estudante é possível participar de um programa de voluntariado na Índia enquanto estuda um novo idioma no país. O visto de turista é válido para até programas de até 60 dias de duração, já o visto de estudante deve ser solicitado para qualquer duração superior a esta.

Principais Cidades nesse país

Notificação

Assine nossas notificações para se manter atualizado sobre nossas promoções!

2021 © Optima Ltda. CNPJ 12.350.272/0001-09. Empresa brasileira

Políticas de uso

e

Termos de Privacidade
Voltar ao topo