O tratamento para portadores de HIV na Irlanda

8 min de leitura
Compartilhe: Facebook Whatsapp Twiter Linkedin

O estigma contra pessoas portadoras de HIV ainda existe em muitos lugares do mundo. Segundo dados da UNAIDS e do PNUD, ainda existem 48 países que colocam restrições de viagens ou residência baseadas no estado sorológico para o HIV. 

Apesar desse tipo de discriminação ser considerado irregular para a Organização das Nações Unidas, cada país tem liberdade de implantar as barreiras migratórias que acham necessárias para regular quem entra e sai de seu território. Assim, alguns países ainda impõem a realização de exames de sangue como requisito obrigatório para quem deseja obter um visto de estudo, trabalho ou residência permanente. 

Felizmente, a maior parte dos países não impõe barreiras para as pessoas que vivem com HIV. Um grande exemplo é a Irlanda que, assim como o Brasil e a grande maioria dos países da Europa, não restringe nem nega a entrada de portadores do vírus no território. 

Fonte: UNAIDS

Brasileiros soropositivos no exterior: o caso da Irlanda

Como já foi explicado, a Irlanda não coloca nenhuma barreira para quem é portador do vírus. E vai muito além: o país oferece tratamento gratuito para infectados pelo vírus, independente de ter sido infectado na Irlanda ou no Brasil. Não só: esse tratamento é oferecido independente de sua nacionalidade.

Apesar de ser considerada uma condição que deve ser notificada às autoridades de saúde pública da Irlanda desde 2011, isso não significa que você deve informar seu status sorológico aos seus empregadores, dentistas, tatuadores, piercers, e outras pessoas. Mas, caso tenha relações sexuais com alguém, é importante - mas não obrigatório - informá-lo sobre seu status sorológico. 

Na Irlanda existem pelo menos seis hospitais especializados no atendimento às pessoas portadoras do vírus HIV e, também, várias ONGs especializadas em doenças sexualmente transmissíveis. 

Brasileiros soropositivos no exterior: o intercâmbio na Irlanda

Se você tem status sorológico positivo, ao fazer um intercâmbio, é importante procurar uma clínica especializada em HIV para continuar seu tratamento. Assim, é importante que você leve consigo laudos médicos e relatórios médicos com cópias de seu histórico de tratamento - de preferência já traduzidos para o inglês. 

Assim, é importante que essas documentações contenham informações da data em que seus exames deram positivos para HIV; quais medicações você está tomando, seu histórico de carga viral e contagem de células T, resultados de quaisquer testes de resistência genotípica que você possa ter feito e histórico de doenças que você tem ou teve. 

Além disso, o Ministério da Saúde da Irlanda recomenda que você leve consigo pelo menos de 30 a 90 dias de seus medicamentos antirretrovirais para sua viagem caso você vá passar um longo período na Irlanda. Isso vai lhe dar mais segurança enquanto espera sua consulta em uma clínica especializada.

Transportando seus medicamentos

Por você carregar uma grande quantidade de remédios em viagens internacionais, é importante possuir uma receita médica ou um laudo médico que comprove a necessidade daqueles remédios - de preferência, também em inglês.

Caso você não queira revelar seu status sorológico para as autoridades de imigração nos aeroportos, o laudo médico deve constar apenas que aqueles remédios são necessários para que sua saúde permaneça saudável. 

É, também, importante que esses remédios sejam levados em sua bagagem de mão, uma vez que suas malas despachadas podem ser extraviadas e dar uma voltinha em outro país!

Onde encontrar uma clínica especializada em HIV na Irlanda?

Há, pelo menos, seis clínicas/postos de saúde especializadas em doenças infecciosas como o HIV na Irlanda. Veja:

CIDADELOCALSITECONTATO
DublinSt. James Hospital - Guide Clinicwww.guideclinic.ie/(0)1 416 2315/6
DublinMater Hospital, Infectious Diseaseswww.mater.ie/(0)1 803 2063
DublinBeaumont Hospital, Infectious Diseases Clinicbeaumont.ie/infectiousdiseases(0)1 809 3006
GalwayGalway University Hospital, Infectious Diseases Clinicwww.wnwhg.ie/ (0)91 525200
CorkCork University Hospital, Infectious Diseases Clinicwww.cuh.hse.ie (0)21 4922795
LimerickUniversity Hospital Limerick, Department of Infectious Diseaseswww.hse.ie (0) 61 482 382

Além de fornecerem o tratamento médico adequado para pessoas com HIV/AIDS na Irlanda, esses postos de saúde também oferecem apoio psicológico e informativo a esses indivíduos.

Caso seja necessário, você pode entrar em contato com outros órgãos na Irlanda para obter informações sobre HIV. Isso pode ajudar muito, caso você precise de alguma orientação sobre a transição de país e tratamento. 

The Department of Social Protection

Esse departamento do governo irlandês pode ajudá-lo com alguns benefícios caso você se encaixe nos requisitos mínimos de cada um desses benefícios. A orientação é entrar em contato com o escritório de bem-estar social mais próximo de você. Site: www.welfare.ie

Embaixadas e consulados brasileiros na Irlanda

Os serviços de Relações Internacionais brasileiros servem para ajudar os cidadãos brasileiros em qualquer aconselhamento sobre viagens e documentações. 

Immigrant Council of Ireland

Essa organização independente é responsável por ajudar imigrantes que vão à Irlanda para qualquer propósito. Eles também podem ajudar você com qualquer dúvida ou aconselhamento sobre a viagem ou documentações necessárias. Site: www.immigrantcouncil.ie

PrEP: profilaxia pré-exposição

Foto via Flickr @diversey

A PrEP é uma medicação disponível em vários países - como o Brasil e a Irlanda - há alguns anos. Ela serve como forma de proteger pessoas que são consideradas no grupo de alto risco de contrair o HIV por meio do contato sexual.

Assim, a PrEP é um medicamento que vem em formato de comprimido e que é altamente eficaz na prevenção do HIV quando tomada corretamente. Inúmeros estudos evidenciaram que a PrEP demonstrou ser 99% eficaz na prevenção do vírus. Nos casos em que a infecção ocorreu, a maioria das pessoas tomaram o medicamento de forma incorreta. 

Como já falado, na Irlanda a PrEP já está disponível para todos aqueles que são soronegativos. É um tratamento preventivo gratuito e que pode ser adquirido por meio da rede HSE, serviços públicos de saúde sexual, fornecedores particulares e farmácias comunitárias. Você pode conferir os requisitos para obter a PrEP de forma gratuita na Irlanda (e outras informações) clicando aqui

É importante ressaltar que o uso da PrEP não é desculpa para ter relações sexuais sem preservativo, uma vez que ela é uma maneira de prevenir somente o HIV. Há várias outras doenças sexualmente transmissíveis, como sífilis, clamídia, hepatite C e HPV. 

PEP: profilaxia pós-exposição

Se você teve relações sexuais desprotegidas ou onde o preservativo rompeu e não sabe o status sorológico de seu/sua parceiro/parceira, a PEP é um tratamento que deve ser iniciado em até 24 horas após a relação sexual. Ele envolve tomar medicamentos anti-HIV todos os dias durante quatro semanas. 

Na Irlanda, a PEP também é gratuito e está disponível na maioria das clínicas de DST/GUM. Você pode ter mais informações sobre esse tratamento ao clicar aqui.

Legislação

Na Irlanda, os casos de discriminação e repúdio contra pessoas soropositivas são punidas pela Lei, bem como acontece com qualquer outro tipo de discriminação por raça, religião, gênero ou orientação sexual. Para pessoas com HIV, esse tipo de discriminação é descrito como “disability” pelas leis Irlandesas.

Outras informações importantes

Os testes de HIV são gratuitos no país e podem ser realizados nos hospitais e clínicas públicas para todos, independente da nacionalidade. Os testes rápidos também podem ser encontrados nesses locais e envolvem apenas uma picada no dedo e mostram o resultado em até 20 minutos. 

Os exames de sangue tradicionais para identificar HIV também servem para testar doenças como hepatite B, C e sífilis. 

A Irlanda, assim como boa parte dos países da Europa, tem aumentado seus índices de infecções por HIV cada vez mais nos últimos anos. Por isso, é importante SEMPRE se prevenir e utilizar preservativo em suas relações sexuais. Cuide-se! 

Se você quiser mais informações sobre o tema, consulte a cartilha preparada pelo departamento de saúde do governo irlandês com várias orientações e informações sobre HIV na Irlanda. Clique aqui e confira! 

Independente do seu status sorológico, é importante contratar um seguro-saúde para seu intercâmbio. A contratação do seguro saúde é uma maneira de resguardar sua saúde no exterior durante seu intercâmbio. Ele é indicado para qualquer pessoa e em qualquer viagem, ainda mais para o exterior. Confira as opções de seguro-saúde com a Optima Intercâmbio

Seguro Saúde Saúde
Compartilhe: Facebook Whatsapp Twiter Linkedin
Gostou deste artigo?
Notificação

Assine nossas notificações para se manter atualizado sobre nossas promoções!

2020 © Optima Ltda. CNPJ 12.350.272/0001-09. Empresa brasileira

Políticas de uso

e

Termos de Privacidade
Voltar ao topo