Moradia compartilhada no intercâmbio: como encontrar?

5 min de leitura
Compartilhe: Facebook Whatsapp Twiter Linkedin
intercambistas dividindo apartamento

Fazer intercâmbio vai muito além de procurar uma escola adequada ao perfil do estudante e escolher um destino que seja a cara do viajante! É preciso também escolher muito bem o local onde morar, uma vez que isso vai influenciar diretamente no dia-a-dia e qualidade de vida no intercâmbio.

Assim, uma das dúvidas mais frequentes de quem vai fazer intercâmbio é sobre como encontrar moradia compartilhada. Encontrar um lugar confortável, seguro e bem localizado é fundamental para fazer com que a experiência de intercâmbio seja completa e excelente. Nesse post nós vamos falar um pouquinho sobre isso.

Onde morar no intercâmbio?

Há diversos tipos de moradia para quem vai fazer intercâmbio. As principais opções são as homestays, as residências estudantis e os apartamentos ou casas compartilhadas. Ao adquirir o pacote de intercâmbio, o estudante contrata o curso da língua associado a uma opção de moradia. 

Alguns optam por já garantir o local onde morar durante todo tempo do intercâmbio. Outros, com objetivo de reduzir os custos da viagem, preferem um local onde ficar nas primeiras semanas, em seguida buscam opções de moradia compartilhada.

Nesse caso, a incerteza quanto a ter onde morar deixa uma enorme insegurança para quem deseja viajar. Então que muitos buscam saber como, onde e a quem recorrer para conseguir um cantinho para morar após o período final da opção contratada. Assim, veja a seguir algumas dicas de onde encontrar informações sobre moradia compartilhada no intercâmbio.

Informativos nas escolas de moradia compartilhada

Assim como no Brasil, escolas e universidades tem seus murais de informação à comunidade. Neles você encontrará vagas disponíveis para moradia compartilhada com pessoas que estão na mesma situação que você. Essa mesma necessidade é uma ótima oportunidade para se aproximar de pessoas de vários países. Morar com outros intercambistas, numa situação de convivência intensa entre moradia e escola, é uma experiência forte, enriquecedora e que vai ajudar ainda mais na imersão na cultura local

 

Busca de moradia compartilhada em redes sociais

Um dos grandes benefícios da revolução tecnológica foi conectar pessoas com interesses em comum. Por meio das redes sociais, em especial o Facebook, você pode encontrar grupos e comunidades nas quais pessoas compartilham vagas em apartamentos e moradias compartilhadas no intercâmbio. 

Dessa forma, você pode ter acesso a uma ampla variedade de acomodações e, como muitas delas já são apartamentos “montados”, você também não precisa se preocupar com gasto em móveis e eletrodomésticos. Em muitos casos, você pode até dividir sua moradia compartilhada com algum local!

A dica, nesse caso, é nunca fechar negócio sem conhecer o local e a pessoa que oferece. Caso contrário, as chances de você cair em um golpe aumentam bastante. 

Busca de moradia compartilhada em sites especializados

Sim! Tem vários sites especializados em compartilhar vagas em apartamentos ou casas no exterior. Da mesma forma como ocorre nos grupos e comunidades das redes sociais, pessoa disponibilizam vagas em suas moradias para estudantes que estejam precisando de um lugar para morar. 

A vantagem de utilizar esses sites especializados para sua busca por moradia compartilhada no intercâmbio é a segurança. Muitos desses sites acabam fazendo uma verificação criteriosa dos anúncios para garantir que eles sejam verdadeiros. Da mesma maneira, esses sites oferecem ferramentas de suporte que podem ajudar você nessa busca.

Antes mesmo de viajar é possível fazer pesquisas em busca de vagas em apartamentos onde jovens do mundo todo dividem suas experiência. Dessa forma o estudante pode diminuir a ansiedade, comum em quem sai do país para um intercâmbio.



Faça sua rede de contatos

Para facilitar sua busca por uma moradia compartilhada no intercâmbio uma boa opção é fazer amizades com outras pessoas. Quando você está em outro país é comum que você se sinta um pouco perdido em algumas coisas, por isso, fazer amizades e conhecer outras pessoas é uma maneira de se conectar com o lugar. 

Além disso, ao compartilhar essas experiências, pode ser que você encontre alguém com um perfil parecido com o seu, na mesma situação que a sua e, assim, escolham morar juntos. E essas conversas podem surgir em qualquer lugar: com alguém que você conheceu na escola, por meio de amigos de amigos, por meio de algum contato com outras pessoas na sua residência estudantil… Enfim, não deixe de conversar com outras pessoas, pois, além de treinar o idioma, você poderá encontrar uma moradia compartilhada no intercâmbio. E, quem sabe, fazer uma nova amizade?

A busca por informações sobre moradia compartilhada pode ocorrer em diversas oportunidades. Seja num bate papo no intervalo das aulas ou num chat da internet. É como diz um velho e conhecido ditado popular: “quem tem boca vai à Roma”! 

Basta você começar a falar ou mesmo digitar a respeito, e logo as oportunidades surgem em sua frente. A insegurança de ficar sem moradia durante o período do intercâmbio é normal! No entanto, as facilidades para acessar as informações tornam a tarefa mais fácil do que parece!

Moradia
Compartilhe: Facebook Whatsapp Twiter Linkedin
Gostou deste artigo?
Notificação

Assine nossas notificações para se manter atualizado sobre nossas promoções!

2020 © Optima Ltda. CNPJ 12.350.272/0001-09. Empresa brasileira

Políticas de uso

e

Termos de Privacidade
Voltar ao topo