Roteiro de viagem: o que fazer em Cape Town

13 min de leitura
Compartilhe: Facebook Whatsapp Twiter Linkedin
o que fazer em cape town

Está com um intercâmbio marcado para a Cidade do Cabo, na África do Sul? Sua paisagem é incrível, misturando montanhas incríveis e um oceano totalmente paradisíaco! Por isso, neste post nós preparamos um roteiro de três dias para você conhecer tudo o que fazer em Cape Town. Assim, você poderá aproveitar os melhores lugares que a cidade pode oferecer! Andar pela capital legislativa da África do Sul é um passeio incrível!

O que fazer em Cape Town - Day 1: um passeio pelo centro da cidade

O primeiro dia de turismo em Cape Town pode servir para você conhecer melhor a cidade. Por isso, o primeiro dia poderá ser feito totalmente a pé! Então, escolha um look confortável, mas bem descolado para tirar fotos pela cidade!

V&A Waterfront

Para começar o dia, você pode tomar um belo café da manhã em um dos pontos turísticos mais visitados de Cape Town, o V&A Waterfront. Esse complexo turístico da cidade reúne inúmeros restaurantes, lanchonetes, cafeterias, lojas e até museus! Tudo isso entre a zona portuária da cidade e a Table Mountain, o que garante um visual ainda mais único! 

Escolha um lugar e experimente um pouco da deliciosa e rica culinária sul-africana! O V&A Waterfront tem esse nome em homenagem à Rainha Victoria e seu filho, o Príncipe Alfred - a África do Sul foi uma colônia britânica até 1961. Ainda no V&A, dê uma volta na roda gigante do complexo e veja a cidade do alto!

Depois desse delicioso passeio pelo V&A Waterfront, siga para o bairro Bo-Kaap. Encostado na Signal Hill, esse bairro é um dos mais antigos da cidade, com construções do século XVIII. Os primeiros a morarem nesse bairro eram escravos do sudeste asiático - que eram conhecidos como "Cape Malays". Hoje em dia o bairro conta muito bem a história da cidade, além de ter charmosas casas coloridas. Um passeio a pé por essas ruas vale a pena, especialmente para você conhecer a sua multiculturalidade. 

Edifício na Long Street

Bem próxima ao Bo-Kaap, a Long Street é uma das ruas mais visitadas e badaladas de Cape Town! Com muitas lojas, comida e música boa, essa rua é perfeita para quem deseja viver a cultura sul-africana na pele e se divertir bastante! Nos anos 1970 e 1980 ela abrigava inúmeros teatros, que deram origem a vários restaurantes e lojas, transformando-a em um grande ponto boêmio. Aproveite e escolha um restaurante ou lanchonete para almoçar! 

A apenas alguns quarteirões da Long Street, o Castelo da Boa Esperança é um grande forte construído pela Companhia Holandesa das Índias Orientais entre os anos de 1666 e 1679. Ele é o prédio mais antigo cidade e um dos exemplos de construções da Companhia das Índias mais bem preservadas. Hoje, esse castelo abriga o Museu Militar, além de oferecer uma visão incrível da Table Mountain. 

A pouco menos de 5 minutos de caminhada do Castelo da Boa Esperança você chega no District Six Museum. Antes de falar sobre esse museu, vale a pena contar um pouco da história do bairro District Six. Ele é um dos bairros mais antigos da Cidade do Cabo: existe desde 1867 no centro da cidade e era onde inúmeras pessoas viviam por lá: ex-escravos, mercadores, trabalhadores e imigrantes. 

E foi assim até 11 de fevereiro de 1966, quando o governo sul-africano declarou essa área como um local exclusivo para pessoas brancas. Centenas de pessoas foram removidas desse bairro apenas por causa de sua cor de pele, uma das atitudes do regime de segregação racial Apartheid. Essas pessoas foram transferidas para regiões periféricas da cidade e as construções originais foram destruídas. 

District 6 Museum

O District Six Museum foi construído justamente a partir desta histórica - e triste - realidade da África do Sul nos anos. O objetivo desse museu é manter a história do Apartheid viva, de maneira que coisas desse gênero não se repitam. Você vai encontrar exposições de momentos históricos e de como era a vida das famílias da área. além de diversos objetos e equipamentos em exposição. 

No fim do dia, escolha algum barzinho ou restaurante do bairro do momento em Cape Town, o Waterkant! Ele é considerado, por muitos, um lugar onde as tendências da cultura de Cape Town surgem. Há lojas modernas, restaurantes, bares e até galerias de arte. Tudo isso em um ambiente totalmente revitalizado e acolhedor. Perfeito para um happy hour com os amigos! 

O que fazer em Cape Town - Day 2: conhecendo as belezas naturais da cidade

Talvez o grande destaque do que fazer em Cape Town seja aproveitar a incrível natureza da região. É impossível não concordarmos que a cidade está em uma região extremamente privilegiada nesse sentido. De todas as partes da cidade conseguimos ver ou o mar ou a Table Mountain. Ou os dois! Por isso, o que fazer em Cape Town quando o assunto é paisagens naturais? Veja no segundo dia do nosso roteiro de viagem e separe roupas leves e tênis!

Começamos o dia em um passeio pelo Kirstenbosch Botanic Garden, o jardim botânico da cidade. Ele fica bem aos pés da Montanha da Mesa e tem uma incrível paisagem. Tenho certeza que você vai achar que está em um paraíso - e é um paraíso natural mesmo! 

Esse belíssimo jardim botânico é tão importante que foi o primeiro lugar como esse a ser declarado como um Patrimônio Mundial da Unesco. Além disso, ele tem uma peculiaridade: ele foi um dos primeiros jardins botânicos a apresentar somente plantas nativas da África do Sul. E isso impressiona a todos que o visitam: são mais de 7 mil variedades de plantas, com espécies raras ou ameaçadas de extinção. 

Uma das melhores coisas a se fazer no Kirstenbosch é caminhar sobre a copa das árvores em uma passarela, a Centenary Tree Canopy Walkway. Ela fica a uma altura de 12 metros a partir do chão e 130 metros de comprimento. Então, você poderá passar por algumas áreas do parque em cima dela. Tire uma foto, poste nas suas redes sociais e marque a Optima Intercâmbio! Vamos adorar saber que esteve por lá! 

Depois de um passeio nos pés da Table Mountain, é hora de subir até ela! Sem dúvida, esse é o lugar mais famoso da cidade, é o cartão postal de Cape Town! Seu topo tem mais de 3km de extensão e é praticamente plano. E é daí que vem seu nome, já que, de longe, ela parece com uma mesa. As nuvens que, frequentemente, cobrem a Table Mountain são chamadas por lá de "Table Cloth" - toalha de mesa. 

Vista do topo da Table Mountain

Para chegar no topo da Table Mountain você pode se aventurar pelas trilhas, ir de táxi ou Uber, ônibus turísticos ou transporte público. Nesses três últimos casos, você deverá pegar um cable-car que leva até o ponto mais alto da Table Mountain. Escolha visitar a Table Mountain em um momento do dia em que o tempo esteja favorável, pois, como já dissemos, frequentemente ela é vista encoberta por nuvens. Lá de cima o visual é bem incrível! 

Para conhecer o mar de Cape Town, visite a praia de Camps Bay. Ela é uma das praias mais populares entre turistas e moradores locais. É impossível tirar uma foto feia por lá de tão deslumbrante que é a sua paisagem: Camps Bay é cercada pela Table Mountain, pela Lion's Head e pelos Doze Apóstolos - ambas formações rochosas da Table Mountain. Dica: esteja preparado ao entrar na água. Ela é extremamente gelada em virtude das correntes marítimas que vêm do pólo sul - mesmo em dias ensolarados e quentes!

Se você prefere um local mais isolado e menos lotado, talvez a praia de Hout Bay seja uma boa opção. Ela é comumente frequentadas por surfistas e praticantes de windsurf e tem um visual tão incrível quanto Camps Bay. Além disso você poderá conhecer as diversas lojinhas de artesanato da região e, quem sabe, levar uma lembrancinha para casa!

Pôr do sol no Sea Point Promenade

No fim do dia, siga para o Sea point Promenade para assistir ao pôr-do-sol! Esse bairro fica a apenas 10 minutos de carro do centro de Cape Town e oferece uma incrível vista do entardecer! E o que fazer em Cape Town na segunda noite? Aproveite que você já está no Sea 

point Promenade e escolha um barzinho ou restaurante para aproveitar um pouco da vida noturna agitada da região! 

O que fazer em Cape Town - Day 3: vendo o mar

Vamos iniciar o terceiro dia desse roteiro com o que fazer em Cape Town visitando o icônico Estádio da Copa do Mundo de 2010 em Cape Town, que tem mais de 66 mil lugares! Há visitas guiadas que passam pelos diversos setores do estádio.

Depois de conhecer o Green Point/Cape Town Stadium é hora de colocar o pé na estrada! Um passeio pela incrível estrada à beira-mar Chapman's Peak Drive. Essa Estrada entre Hout Bay e Noordhoek, na Península do Cabo, é uma das mais belas estradas do mundo e um passeio obrigatório por quem busca o que fazer em Cape Town!

Essa estrada vai te levar até a Chapman's Peak, mas você não precisa, necessariamente, chegar até lá. Há vários pontos de observação em que você pode ter uma vista panorâmica incrível do oceano e das montanhas da região. Ah, não é difícil encontrar baleias e golfinhos brincando no mar da região! 

Siga, de carro, por 20 quilômetros até a Boulders Beach. Além do visual incrível, essa praia é um santuário de pinguins. Desde os anos 1980 essa é a praia onde existe uma grande colônia desses pinguins africanos ameaçados de extinção. Apesar de muito dóceis, é sempre importante não tocá-los para que eles não se assustem. É um passeio delicioso! 

Da Boulders Beach, seguimos mais ao sul até chegarmos ao Cabo da Boa Esperança e ao Cape Point. São dois lugares diferentes, mas que ficam no imaginário de todo mundo desde as primeiras aulas de história da escola! O Cabo da Boa Esperança foi um ponto importante da rota dos clippers e veleiros que seguiam para o Oriente e para a Austrália a partir da Europa.

Cabo da Boa Esperança visto de cima. Foto via Flickr @ basl

O ponto mais ao sul da Península do Cabo é Cape Point, com dois faróis que auxiliaram inúmeras embarcações a cruzarem o Cabo por séculos. O mais antigo farol fica no topo do maior pico, entretanto, por ser localizado em um ponto muito alto, era muito difícil de enxergá-lo. Assim, foi construído um outro farol, em um ponto mais baixo e que facilitou a observação pelos marinheiros. Você pode visitar esses dois locais e ver a incrível paisagem local!

O que fazer em Cape Town - Extra: Ilha de Robben

Ilha de Robben com a Cidade do Cabo ao fundo. Imagem via Flickr @ south-african-tourism (CC-2.0)

A alguns quilômetros a partir da costa da Cidade do Cabo encontra-se a Robben Island. Essa ilha é onde Nelson Mandela ficou preso por mais de duas décadas durante o período do Apartheid. Por muitos anos ela foi utilizada por navegadores portugueses, ingleses e holandeses como posto de reabastecimento. Posteriormente, a partir de 1961, a ilha se transformou para servir como local de encarceramento de prisioneiros políticos. Essa prisão de segurança máxima foi fechada em 1991 e a de segurança mínima em 1996.

Em 1999 a Ilha foi declarada como um Patrimônio da Humanidade dada a sua importância histórico-política para a África do Sul. Anualmente, milhares de visitantes visitam essa ilha a partir do ferry-boat que sai do V&A Waterfront. A prisão serve de museu, no qual muitos dos guias são ex-prisioneiros, e conta a história do Apartheid.

E aí, gostou de saber tudo o que fazer em Cape Town? Então, agora, é só aproveitar o seu intercâmbio na Cidade do Cabo e suas atrações! Mas se você ainda não programou seu intercâmbio, clique aqui e peça para um consultor entrar em contato com você! A Optima Intercâmbio tem os melhores pacotes de intercâmbio não só para a África do Sul, como para vários outros países, como Irlanda, Malta, Espanha e Estados Unidos! 

Nossa equipe especializada vai te ajudar em todas as etapas dessa viagem! Realize seu sonho de um intercâmbio junto com a Optima!

Cape Town
Compartilhe: Facebook Whatsapp Twiter Linkedin
Gostou deste artigo?
Notificação

Assine nossas notificações para se manter atualizado sobre nossas promoções!

2020 © Optima Ltda. CNPJ 12.350.272/0001-09. Empresa brasileira

Políticas de uso

e

Termos de Privacidade
Voltar ao topo