Brasileiros precisam do novo visto para Europa? Saiba mais sobre o ETIAS

9 min de leitura
Compartilhe: Facebook Whatsapp Twiter Linkedin

Uma das grandes vantagens de se fazer um intercâmbio em países da União Europeia é o fato de não precisar de visto para quem vai estudar ou por períodos de até 90 dias pelos 26 países que compõem o bloco europeu.

Mas isso vai mudar a partir do final de 2022: cidadãos de 60 países - inclusive o Brasil - precisarão solicitar o ETIAS, um novo visto para Europa de turismo. Conheça um pouco mais sobre essa nova regra de visto da Europa abaixo.

O que é a ETIAS e o que muda com esse novo visto da Europa?

Chamada por muitos de “visto”, a ETIAS nada mais é do que uma autorização de viagem eletrônica que o governo da União Europeia e seus países passarão a adotar a partir de 2022.

Essa sigla em inglês significa Sistema Europeu de Informações e Autorização de Viagem. Assim, com esse novo sistema que foi criado pela União Europeia, os países que fazem parte do Tratado de Schengen buscam proteger e reforçar a segurança das suas fronteiras internas.

Veja também: Quais países não precisam de visto para brasileiros

Com isso, a ETIAS também tem como fim a melhora da identificação das possíveis ameaças ou riscos associados aos visitantes que chegam nesses países do tratado de Schengen. Ou seja, essa é uma medida para combater a crise migratória e o terrorismo nos países membros da União Europeia.

A ETIAS é um mecanismo que visa ajudar na segurança interna dos 26 países membros do Tratado de Schengen, mas, além disso, ela também é uma maneira de diminuir o tempo de espera na imigração dos aeroportos europeus. Isso porque, como a ETIAS é um documento eletronicamente associado com o seu passaporte, você já possuirá a permissão de entrada nos países europeus. Assim, a ETIAS é um documento eletrônico para autorização de sua entrada nos países do Espaço Schengen.

Na prática, o que muda com a ETIAS?

Na prática, o que muda é que os brasileiros e mais 60 outras nacionalidades que não precisam de visto para ingressar na União Europeia, a partir de 2022 deverão preencher um formulário online com dados pessoais e responder um pequeno questionário.

Neste questionário, quem vai viajar pela Europa deve indicar qual será o seu país de chegada e, obrigatoriamente, entrar no Espaço Schengen por esse país. Por exemplo: se você vai fazer um intercâmbio na Espanha, mas quer conhecer Portugal antes de começar seus estudos, você não poderá viajar para Portugal primeiro. Você deve, portanto, viajar primeiro para a Espanha e, depois, seguir para Portugal.

Lembrando que, neste caso, não estamos falando de escalas ou conexões em aeroportos. Quando você faz uma escala ou conexão em aeroporto você não dá entrada oficialmente em território Europeu, já que você não passou pela imigração local. Então, se seu voo for para Madri, mas possuir uma escala ou conexão em Lisboa, não há problema nenhum.

Você deve preencher o questionário da ETIAS antes de viajar para algum dos países da União Europeia, quando ainda estiver no Brasil.

Quem precisa solicitar um visto para Europa ETIAS?

Foto: Pedro França/Agência Senado @ Flickr

Essa autorização de viagem deve ser solicitada por todos os cidadãos de 60 nacionalidades que não precisam, atualmente, de visto de turismo para viajar para os países membros do Tratado de Schengen. Dentre esses 60 países, está o Brasil.

Por isso, todo o cidadão brasileiro que quiser viajar para a União Europeia por um período de até 90 dias deve fazer a solicitação da ETIAS por meio do preenchimento do formulário on-line antes de embarcar.

Veja também: Quais são os 10 lugares mais baratos para fazer intercâmbio?

Seus dados serão verificados pela segurança do sistema de fronteiras e do próprio sistema ETIAS. Assim que aprovada, essa autorização de viagem será válida por um período de até três anos, sendo válido para todas as viagens durante o tempo de validade.

Como funcionará a ETIAS?

A ETIAS servirá para que a sua entrada seja aprovada nos seguintes países:

AlemanhaRepública TchecaEslováquia
GréciaEslovêniaMônaco
NoruegaLetôniaFinlândia
ÁustriaSuíçaLuxemburgo
HungriaEspanhaSan Marino
PolôniaLiechtensteinFrança
BélgicaMaltaVaticano
HolandaSuéciaAndorra
PortugalEstôniaItália
IslândiaLituâniaDinamarca

Após ter sua entrada aprovada, você precisa fazer seu registro em território europeu no país indicado quando você preencheu o formulário. A partir disso, você poderá viajar entre todos esses países que fazem parte do Acordo de Schengen sem nenhum problema.

Veja também: Em quais países a CNH brasileira é válida?

A ETIAS é um visto de curta duração, o qual tem validade de 3 anos, dentre os quais você pode permanecer por até 90 dias - prorrogáveis por até 180 dias - sem interrupção em território da União Europeia. Durante o prazo de 3 anos você pode entrar quantas vezes quiser no Velho Continente, desde que não ultrapasse os 90 dias ininterruptos antes de voltar ao seu país de destino.

Os casos do Reino Unido e Irlanda

Aqui, temos dois casos interessantes quando falamos de intercâmbio. O primeiro é o caso do Reino Unido. Por fazer parte da União Europeia, muitos acreditam que ele também faz parte do Acordo de Schengen, o que não é verdade. Por isso, mesmo com o Brexit, nós brasileiros não seremos afetados caso haja interesse em fazer intercâmbio no Reino Unido, já que o Brasil e a Terra da Rainha possuem acordos únicos que não exigem visto para viajantes que desejam permanecer por lá por até 180 dias.

O segundo caso é o da Irlanda, um destino bastante procurado por intercambistas brasileiros. Assim como o Reino Unido, a Irlanda possui um acordo de livre circulação com o Brasil, o qual não exige visto de brasileiros que desejam fazer turismo na Irlanda por até 90 dias.

Pagamento

No preenchimento do formulário online, será solicitada o pagamento de uma taxa, a qual corresponderá a cerca de 7€. Essa taxa deverá ser paga por meio de cartão de crédito ou débito e é a última etapa do processo.

Se o pagamento não for concluído, a inscrição no ETIAS não será processada e, consequentemente, você pode ser impedido de entrar em algum dos países acima. A confirmação ou não do pagamento será enviada por email.

Estadia superior a 90 dias

Via de regra, estadias superiores a 90 dias não são cobertas pela ETIAS. Assim, se você vai fazer um intercâmbio para esses países da União Europeia por um período superior a 90 dias deve procurar a representação diplomática do país aqui no Brasil e solicitar um visto de estudante.

Tenho um passaporte europeu. Precisarei solicitar uma ETIAS?

Não! Se você tem um passaporte europeu você é considerado um cidadão europeu e, por isso, valem as regras da União Europeia. Assim, se você tem cidadania italiana, por exemplo, você não precisará solicitar uma ETIAS para entrar em algum dos países citados acima, bem como não será preciso apresentar esse documento ao viajar pelo continente.

O importante é que, se você tem dupla cidadania, faça a entrada no país com o seu passaporte europeu. Nesse caso, o seu passaporte brasileiro servirá apenas para que você saia do Brasil.

Aqui na Optima você pode contar com toda a segurança na hora de organizar a sua documentação para solicitar seu visto de estudante, seja de algum país da Europa ou de qualquer outro lugar do mundo.

No momento, a ETIAS não está em vigor, mas é algo para ter no radar caso você esteja programando seu intercâmbio para um período após o final de 2022, que é a expectativa para que o sistema já esteja totalmente implementado.

Mas, mesmo assim, você pode começar a já organizar seu intercâmbio com a ajuda da Optima! Nosso time de experts em intercâmbio irá te ajudar a organizar todas as etapas da sua viagem: desde a escolha criteriosa da instituição em que você estudará, passando pela organização de sua documentação e visto, troca de câmbio e, claro, o suporte completo para quando você estiver no exterior! Clique aqui e peça para um de nossos consultores entrar em contato com você! Vai ser incrível ajudar a construir essa nova etapa da sua vida!

Compartilhe: Facebook Whatsapp Twiter Linkedin
Gostou deste artigo?
Notificação

Assine nossas notificações para se manter atualizado sobre nossas promoções!

2020 © Optima Ltda. CNPJ 12.350.272/0001-09. Empresa brasileira

Políticas de uso

e

Termos de Privacidade
Voltar ao topo