Tipos de programas de intercâmbio

11 min de leitura
Compartilhe: Facebook Whatsapp Twiter Linkedin
pessoa segurando o globo terrestre

Estudar fora do Brasil é uma grande oportunidade para melhorar seu currículo, expandir seus conhecimentos e círculos de amizade, além da possibilidade de conhecer a fundo outra cultura. Nós sabemos que cada um tem uma necessidade específica e, por isso, oferecemos uma grande variedade de cursos em instituições educacionais qualificadas por todo o mundo.

Dessa forma, hoje, nós vamos falar um pouco sobre os tipos de intercâmbio e quais são os programas de intercâmbio que nós oferecemos. 

1. Tipos de intercâmbio: cursos de idiomas

tipos de intercâmbio cadernos e livros

O primeiro programa de intercâmbio é o mais comum: um curso de idiomas. Ele é essencial para quem quer aprender uma nova língua ou aperfeiçoar seus conhecimentos nela. Nessa modalidade de intercâmbios de idiomas, o estudante pode escolher o programa que melhor se encaixa às suas necessidades. 

Há cursos de intensivão da língua, de curta ou longa duração e, também, voltado para áreas específicas, como business. Um programa de cursos de idiomas é recomendável para aquelas pessoas que têm um conhecimento bastante básico do idioma até àquelas pessoas que já têm conhecimento da língua e querem melhorá-lo. 

Pela versatilidade dessa modalidade de intercâmbio, muitos o procuram com o intuito de conciliar os estudos e trabalho. Assim, além de poder complementar a renda e diminuir os custos, é possível até economizar um dinheiro em moeda estrangeira! Basta escolher um país que permite que o estudante estrangeiro trabalhe durante o período de estudos.

Os cursos de idiomas são indicados para todas as faixas etárias a partir dos 18 anos. Algumas escolas também aceitam alunos a partir de 16 anos para cursos específicos.

Os países mais procurados para quem deseja aprender um novo idioma são Irlanda e Malta, para o inglês; Canadá, para francês e inglês ou Argentina e Espanha, para quem deseja aprender espanhol. 

2. Tipos de intercâmbio: cursos de idiomas e atividades

tipos de intercâmbio: um curso de inglês com a atividade de fotografia pode ser uma boa escolha

Se somente um curso de idiomas já promove uma grande imersão cultural para o aluno, a modalidade de cursos de idiomas com atividades extracurriculares. Assim, além de aprender um outro idioma, o estudante poderá enriquecer seu currículo ao fazer atividades esportivas e culturais.

Dessa maneira, esse tipo de programa de intercâmbio é uma maneira de ficar ainda mais imerso na cultura local, já que você poderá conhecer os costumes e história do lugar escolhido por meio das atividades. 

Normalmente, quem escolhe fazer um intercâmbio que combina o curso de idiomas com as atividades vai ter as aulas em um período do dia e as atividades extracurricular em outro. E as atividades são bastante variadas, já que você pode fazer aulas de dança, teatro, fotografia, surfe, futebol… Há muitas outras atividades e você poderá escolher a que mais lhe agrada e curtir seu intercâmbio! Se preferir, há destinos que oferecem até trabalhos voluntários como atividade extracurricular.

Nesse caso, também não é necessário ter um nível mínimo de idioma, bem como não há limite de idade, é só preciso ter, no mínimo, 18 anos.

Assim como o programa de intercâmbio de cursos de idiomas, também é possível conciliar com trabalho. Isso, claro, desde que você escolha um país que permita que um estudante trabalhe legalmente somente com um visto de estudante. 

O estudante poderá escolher países da Europa, como Irlanda ou Malta, da América, como Estados Unidos ou Canadá e, até mesmo, da Oceania, como Austrália ou Nova Zelândia

3. Tipos de intercâmbio: curso de férias para adolescentes

tipos de intercâmbio: jovem em olhando para a cidade do alto

Até agora falamos de programas de intercâmbio voltados às pessoas acima de 18 anos. Mas os adolescentes que querem estudar em outro país não precisam ficar de fora! Esse tipo de curso é voltado para jovens que desejam ter uma experiência de intercâmbio cultural ainda enquanto não possuem a maioridade. E a Optima Intercâmbio oferece programas exclusivos para a garotada! 

O tipo de intercâmbio mais comum para os jovens é o curso de férias para adolescentes. Durante as férias escolares os estudantes podem aproveitar esse tempo vago para viajar e aprender algum idioma de sua preferência. 

Assim, durante o período de 2 a 8 semanas, os jovens de 8 a 17 anos terão a oportunidade de desbravarem o mundo e aprender muito. Tudo isso com muita segurança, claro. Durante todo o período da viagem o jovem é acompanhado por responsáveis que garantirão a segurança total de seu filho/filha. Vai ser uma experiência inesquecível para essa galerinha! 

4. Tipos de intercâmbio: High School

tipos de intercâmbio: pessoas se formando no high school

Mais um programa de intercâmbio exclusivo para os jovens. A modalidade High School é a oportunidade perfeita para aqueles que desejam estudar o ensino médio no exterior e os adolescentes adoram! 

Assim, por meio desse programa de intercâmbio o aluno vai estudar um ou dois semestres letivos de algum ano do ensino médio. Quando ele volta para o Brasil o período estudado lá fora é convalidado para que ele continue estudando de onde parou aqui no país.

A grande vantagem de um intercâmbio High School é a oportunidade de acrescentar muito mais na formação estudantil de um jovem. Isso porque, quando temos a chance de estudar em uma instituição no exterior, nós conseguimos adquirir uma visão ainda mais abrangente sobre as situações que nos cercam. Além disso, é a oportunidade que os jovens têm para ganhar mais independência e aprender a se virarem sozinhos. Portanto, quanto mais cedo o jovem aprender esses valores, mais cedo ele vai cultivar seu senso de responsabilidade.

Além disso, o programa de High School é a oportunidade para os jovens entrarem em uma universidade no exterior, e, também conseguir ótimas vagas de emprego no futuro. 

O High School é um tipo de intercâmbio voltado para adolescentes que já cursam ou vão iniciar o ensino médio aqui no Brasil, com idades entre 14 e 18 anos. Algumas escolas oferecem aulas do idioma, mas o ideal é que o estudante já tenha o conheça bem, uma vez que as aulas serão ministradas nessa língua. Essa modalidade é oferecida nos Estados Unidos e na Irlanda

5. Tipos de intercâmbio: cursos preparatórios para exames de proficiência

os tipos de intercâmbio com cursos preparatórios são para quem precisa fazer um exame de proficiencia

Se você já está craque na língua estrangeira e só precisa fazer um exame de proficiência, o tipo de intercâmbio certo para você é onde você faça um curso preparatório para exames de proficiência.

Muitas instituições internacionais exigem que o aluno possua uma comprovação de proficiência na língua estrangeira, bem como algumas vagas de trabalho em empresas multinacionais. Ao fazer um curso preparatório para exames de proficiência você vai ter a oportunidade de entender melhor como funciona a filosofia dessas provas, bem como exercitar o idioma por meio dos seus vários requisitos. Tudo isso com professores nativos e especializados em exames de proficiência.

Nessa modalidade, cada curso costuma ser específico para um tipo de prova. Por isso, é importante verificar se ele se adapta às suas necessidades. Da mesma maneira, não há um nível mínimo de idioma, uma vez que os exames não “aprovam” ou “reprovam”, mas sim colocam o estudante em uma classificação de nível. 

6. Programas de intercâmbio de Higher Education

tipos de intercâmbio: pessoa estudando com o livro no colo

Se a sua intenção é fazer uma faculdade no exterior, os programas de Higher Education são para você. Assim, desde cursos de graduação, pós-graduação, mestrado ou doutorado, os programas de Higher Education servem para isso. 

Por meio desse tipo de intercâmbio você poderá cursar desde seis meses letivos a todo o período de sua graduação em uma universidade ou instituição no exterior. Ter um diploma internacional é uma oportunidade que vai abrir inúmeras portas no mercado de trabalho para você. Isso porque as empresas estão cada dia mais procurando profissionais qualificados e com diferentes visões de mundo. Tudo isso você pode desenvolver ao fazer a modalidade de programas de intercâmbio de Higher Education. 

7. Programas de intercâmbio profissionalizante

tipos de intercâmbio: profissionais contando sua experiência

Para quem já tem um bom nível de conhecimento do idioma estrangeiro e quer complementar suas habilidades profissionais, escolher um programa de intercâmbio profissionalizante é o ideal. 

Por meio de um programa de intercâmbio profissionalizante o profissional poderá desenvolver inúmeros conhecimentos técnicos e específicos de sua área de atuação. Isso é uma maneira de agregar ainda mais no seu currículo, já que um certificado internacional é amplamente valorizado por empresas e multinacionais. É uma oportunidade muito grande para você ter uma visão ainda mais globalizada no seu trabalho e atualizar seus conhecimentos.

Além disso, ao fazer esse tipo de intercâmbio você terá uma grande oportunidade de aumentar e intensificar sua rede de networking, conhecendo profissionais de diversos locais do mundo. Quem sabe você não consegue uma vaga de emprego no exterior dessa forma, também?

A idade mínima para fazer um programa de intercâmbio profissionalizante é 18 anos. Já a duração dos cursos podem variar entre uma semana e um ano.

8. Tipos de intercâmbio: au pair

tipos de intercâmbio: au pair é para quem quer ter experiências com crianças

Os programas do tipo au pair é para quem gostaria de trabalhar no exterior. Por meio dele, você poderá estudar e trabalhar na casa de uma família, cuidando de alguns afazeres da casa e das crianças. 

Nesse tipo de intercâmbio é um diferencial você ter experiências com crianças, já que você deverá ajudá-las em tarefas de casa, da escola e fornecer todo o cuidado quando os pais não estiverem por perto. Da mesma maneira, o nível de idioma intermediário é desejável.

As regras relativas a idade máxima e ao gênero costumam variar de país para país. Um exemplo é os Estados Unidos, que dão preferência às mulheres de 18 a 16 anos. Já a Alemanha oferece vagas de au pair tanto para homens e mulheres com idade de até 27 anos. 

Trabalhar no exterior

As regras para trabalhar no exterior variam de país para país. Muitos não permitem que um estudante estrangeiro trabalhe no país enquanto faz seu intercâmbio. Outros, como Austrália, Nova Zelândia, Malta, Irlanda e Espanha permitem que o aluno trabalhe apenas com um visto de estudante e faça um curso de idiomas. Já outros casos como o Canadá, Inglaterra e Escócia é preciso que o intercambista esteja cursando um curso de graduação ou pós graduação em uma instituição reconhecida pelo governo. 

Por isso, ao escolher seu programa de intercâmbio é fundamental que ele atenda todas as suas expectativas, gostos e tenha a sua cara! Assim, ao escolher a Optima Intercâmbio você vai contar com uma equipe especializada para te ajudar em tudo sobre intercâmbio. Entre já em contato com nosso time especializado e realize seu sonho de fazer um intercâmbio e estudar no exterior!

Curso De Idiomas Profissionalizante Higher Education Preparatório Para Exames Estudo
Compartilhe: Facebook Whatsapp Twiter Linkedin
Gostou deste artigo?
Notificação

Assine nossas notificações para se manter atualizado sobre nossas promoções!

2020 © Optima Ltda. CNPJ 12.350.272/0001-09. Empresa brasileira

Políticas de uso

e

Termos de Privacidade
Voltar ao topo