Mdina é uma cidade murada dentre as mais charmosas do mundo! Conta com uma população pequena, pouco mais de 300 habitantes. Aliás, a cidade conta com mais 10 atrações culturais, como o Museu da Catedral de São Paulo, a Catedral de St. Paul, o Palácio Vilhena, o Palazzo Falson, as capelas de Santa Ágata e São Nicolas ou o Museu de História Natural. Caso esteja procurando onde ficar, visite o luxuoso hotel 5 estrelas Xara Palace. Se acaso você for visitar a Ilha de Malta, antes de mais nada considere adicionar o local no seu roteiro de viagens!

catedral de são paulo mdina
Catedral de São Paulo

 

A antiga capital

Anteriormente conhecida como Citta Vecchia, a velha cidade foi capital do país até o ano de 1570, quando deixou o posto para a cidade de Valetta, atual capital. Foi possivelmente fundada por volta de 700 a.C. pelos fenícios. Posteriormente sofreu uma forte influência árabe, até a ocupação Cavaleiros da Ordem de São João, no século XVI. Aliás, o nome Mdina vem da palavra árabe medina, que significa simplesmente “cidade” ou “vilarejo”. Ela tem uma localização privilegiada em colinas que ficam ao centro da ilha, sendo um dos pontos mais altos do país e mais distantes do mar. Certamente esta bela cidade cercada por uma muralha mostra a que Malta foi ao longo dos tempos um ponto de extrema importância estratégica e comercial.

Leia também: Aprenda a velejar em Valetta

A cidade silenciosa

Ela também é conhecida como a Cidade Silenciosa desde que perdeu seu status de capital de Malta. Essa fama é seguida rigorosamente até os dias de hoje. Por isso, poucas pessoas têm acesso a dirigir carros dentro da cidade. De forma idêntica, comércio local possui regras restritas referente a ruídos e barulhos. Porém, é a noite que se percebe porquê a cidade é conhecida por tal nome. Após o anoitecer, a maioria dos turistas já deixaram a cidade, por este motivo o horário é o mais recomendado para apreciar o famoso silêncio de Mdina.

corredores de mdina
Corredores estreitos de Mdina

 

Mdina e Rabat

Aproveitando sua passagem por Mdina, considere a visita ao povoado de Rabat. O local é facilmente reconhecido por não ser murado como a sua cidade vizinha. Além disso, é o berço de diversas entidades católicas, como a Ordem dos Frades Menores, Ordem de Santo Agostinho e a Ordem dos Pregadores. Em contraste com sua vizinha, a população local é bem maior, chegando a 11 mil pessoas. Estando lá, você pode visitar a Igreja e Gruta de São Paulo, a Villa Romana e os Penhascos de Dingli.

 

Arquitetura e cenário de Game of Thrones

A arquitetura no estilo barroco da cidade chama atenção, devido as construções serem feitas de calcário em tons amarelados. O local serviu de inspiração e cenário para a série da HBO, Game of Thrones. O portão de entrada da cidade foi usado para representar King’s Landing nas filmagens da 1ª temporada da série. Mais especificamente no 3º episódio. Realmente, a “Cidade Museu” parece ter sido tirada de filmes medievais.

mdina cenário de game of thrones
Kings Landing, Game of Thrones

 

Malta oferece diversas atrações culturais, que combinadas com o charme e tempo agradável tornam este destino ainda mais especial. Este país que é considerado um “museu a céu aberto” tem muita coisa interessante, como Mdina, a cidade antiga. Sem dúvida, aprender inglês em Malta é poder caminhar pelas ruas estreitas da cidade amuralhada, conhecer a história por detrás dos muros e aprender a língua oficial local durante esta experiência no exterior. Se estiver de visita nas ilhas, não deixe de visitar Mdina e muitos outros locais!

0 Comments

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Previous reading
Goat Island em Auckland, Nova Zelândia
Next reading
Monumento il Vittoriano em Roma