Quando o assunto é intercâmbio, um dos temas que geram mais dúvidas é o custo de vida no exterior. Mas, o mesmo depende diretamente do destino escolhido e o estilo de vida de cada intercambista ao longo dessa experiência.

intercambista com o valor do seu custo de vida em dolar

Entenda tudo sobre o custo de vida no exterior

De forma geral, é possível dividir esses gastos em algumas despesas básicas. Gastos que não podem deixar de ser consideradas ao realizar esse cálculo do custo de vida no exterior. Entre essas despesas, estão:

Acomodação

Os valores com a acomodação variam bastante dependendo do país e da cidades escolhidos. Contudo, independente do destino do intercâmbio, dividir um apartamento com outros estudantes é a melhor forma de reduzir os gastos com o aluguel. Além disso, ao dividir a acomodação com outras pessoas, também acabam sendo reduzidos os gastos com outras contas. Entre elas energia elétrica, água e internet, as quais são todas divididas entre os moradores do local.

Transporte

Em relação ao transporte, a localização da residência do intercambista é o que determina os gastos. Caso a distância até a escola não seja grande, uma boa alternativa é ir de bicicleta. Ou então ir caminhando para reduzir os gastos e o custo de vida no exterior. Quando o meio de transporte público é inevitável, a melhor saída é pesquisar se existe algum desconto. Pode ser descontos para estudantes na cidade escolhida ou descontos ao adquirir um cartão mensal.

Alimentação

O que determina os custos com a alimentação é a frequência com que os estudantes vão a restaurantes. Tendo em vista que fazer isso é bem mais caro do que comer em casa. Portanto, aqueles que pretendem economizar podem comprar os alimentos no supermercado e cozinhá-los em casa. No caso dos perecíveis, para evitar desperdícios e prejuízos, é possível dividir os custos destes com os demais moradores da residência.

Comunicação

Ao longo do intercâmbio, os gastos com a comunicação também são uma prioridade. Planos básicos com ligações telefônicas e um pacote de internet para o smartphone são os mais comuns. Assim como no Brasil, os mais acessíveis são os programas pré-pagos. Porém, o mais vantajoso é investir em um bom pacote de dados online, pois pela internet é possível fazer ligações de áudio e vídeo sem gastar nada. Assim, caso queira fazer ligações internacionais para casa, o estudante não necessita ficar comprando créditos telefônicos a todo momento, os quais encarecem o custo de vida no exterior e acabam em pouco tempo.

O que determina o custo de vida no exterior

Os hábitos e o estilo de cada intercambista são questões que influenciam diretamente no custo de vida no exterior. Sendo assim, independente da cidade escolhida, os estudantes dispostos a adotar um padrão de vida médio e sem luxos podem economizar bastante ao longo dessa experiência. Tudo isso sem deixar de aproveitar ao máximo o intercâmbio.

intercambista fazendo o calculo do seu custo de vida

Saiba mais sobre o trabalho da Optima

A Optima Intercâmbio é considerada como uma das principais referências no Brasil em intercâmbio, oferecendo vários programas e modalidades diferentes. A agência trabalha com variados destinos em países das Américas, Europa, África e Oceania. Também presta auxílio em todos os aspectos da viagem. Auxiliamos na acomodação, aéreo, seguro viagem e tudo de acordo com o custo de vida no exterior pretendido por cada estudante. Todo esse cuidado da agência garante que os estudantes possam aproveitar ao máximo suas estadias no exterior.

0 Comments

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Previous reading
Daniela Silva e seu maravilhoso intercâmbio
Next reading
Patrícia e suas melhores experiências na Nova Zelândia